25Dez/17

As marcas aproveitam o potencial das tecnologias móveis?

Imaginar a vida ​hoje sem os aparelhos móveis​ é impossível​. Eles já fazem parte do nosso dia a dia e ​mudaram ​mu​itos hábitos, especialmente a forma como nos conectamos. Atualmente, o mobile é responsável por mais da metade de todos os minutos digitais em muitos mercados e​, no Brasil, esse percentual chega a 73%. Esse dado ​revela um cenário ideal para marcas se relacionarem com seus clientes. Mas será que elas estão sabendo aproveitar o potencial das tecnologias móveis para este fim?

Segundo a pesquisa Mobility Index 2017, realizada pela Pontomobi, a maioria das grandes marcas atuantes no Brasil ainda está engatinhando quando o assunto é a utilização d​esse ambiente para relacionamento com seus clientes. O estudo avaliou a presença mobile das 235 marcas mais valiosas em operação no País e foram analisad​os quatro diferentes pontos de contato: site, apps, canais de mensagens e redes sociais.

De um modo geral, as empresas dos setores de telecomunicações, aviação civil e serviços digitais são as mais bem posicionadas no relatório. Os setores de varejo, viagens, eletrônicos e serviços financeiros ​ficaram na média​ e estão em fase de ​muitas ​experimenta​​ç​ões. ​Por outro lado, a maioria dos iniciantes está nos setores de saúde, alimentos, entretenimento e indústria farmacêutica.

Em 85% das marcas avaliadas​,​ os sites são otimizados para mobile​ e ​duas ​de cada três possuem apps. ​Porém​,​ um dado preocupante é que ​60% dos apps apresentam baixa frequência de atualização​, com média de nove meses desde a última atualização. Para se manter atraente um dispositivo precisa passar constantemente por ajustes. Apenas aplicativos de marcas que são mobile first costumam ser modificados semanalmente.

Já no que se refere às redes sociais, 93% das marcas estão presentes no Facebook, mas somente 68% publicam conteúdo otimizado para a abertura em dispositivos móveis. E 74% estão no Twitter, com apenas 51% publicando conteúdo apropriado. No que ​tange ao uso de canais de mensagens, 88% das marcas têm presença no Facebook Messenger​. As outras plataformas incluem webchat (24%), SMS (9%) e WhatsApp (4%). Todas usam esses canais para entregar conteúdo.

O “Estudo Global do Mobile”, realizado recentemente pela comScore, mostra como as audiências, categorias de conteúdo e apps estão mudando o panorama digital do mundo todo e de que forma as marcas podem tirar proveito desse movimento. De acordo com a pesquisa, os aplicativos impulsionam o share do tempo no mobile em todos os 14 mercados internacionais analisados​, abrangendo EUA, Canadá, França, Alemanha, Itália, Espanha, Reino Unido, Argentina, Brasil, México, China, Índia, Indonésia e Malásia​, representa​ndo mais de 80% dos minutos​ de navegação​.

Nos mercados latino-americanos, a Argentina lidera com 95% ​do tempo gast​o em aplicativos. ​O Brasil vem em quarto lugar, com 89%. “A migração global para o mobile está longe de ser uniforme”, disse Will Hodgman, vice-presidente executivo de ​Vendas ​Internacionais da comScore. “Esse estudo demonstra como o consumo digital migrou mais intensamente para plataformas mobile e isso permite que veículos, anunciantes e suas agências aproveitem os pontos estratégicos das audiências e conteúdos”, explica.

Últimas notícias do mercado
10 tendências globais de consumo do ano Mudanças de comportamento e atitude dos consumidores continuarão a ser um fator de disrupção nos negócios Empresas se unem para reduzir fraude na publicidade digital Indústria de anúncios trava batalha contra os bots que simulam pessoas para gerar audiência, o chamado de tráfego inválido Pesquisa mostra áreas da comunicação em alta para 2018 Brasil está entre os 10 maiores mercados em publicidade do mundo; marketing de conteúdo dominará contratações As marcas aproveitam o potencial das tecnologias móveis? Mobile é responsável por mais da metade de todos os minutos digitais em muitos mercados; no Brasil, chega a 73% Foco em veículos regionais é destaque do Grupo FTPI em 2017 As 3 empresas do Grupo passaram por diversas mudanças estruturais e operacionais para driblar e fechar 2017 com saldo positivo Veja mais
FTPI
FTPI São Paulo (11) 2178-8700
FTPI Brasília (61) 3035-3750
FTPI Rio de Janeiro (21) 3852-1588
FTPI Nordeste (81) 2128-4350
FTPI Belo Horizonte (31) 2105-3609
FTPI Curitiba (41) 3026-4100
FTPI Campinas (19) 3296-6224
FTPI Porto Alegre (51) 3231-5222
Compartilhe
web by Citrus7 2018 | © Todos os direitos reservados