12Jul/12

Venda de livros tem alta de 9,8%

A Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe-USP), com a Câmara Brasileira do Livro (CBL) e o Sindicato dos Editores dos Livros (SNEL), divulgaram os dados da produção e das vendas do setor editorial brasileiro relativo em 2011. Segundo a pesquisa, o crescimento nominal do setor em 2011 chegou a 7,36%, uma alta real de de 0,81%.

O número de exemplares vendidos no mercado atingiu os 283.984 milhões, uma ampliação de 9,8% em relação ao ano anterior. Se consideradas as vendas ao Governo, o número bate 13,7%. O faturamento do setor foi de R$ 3,45 bilhões de reais no ano passado, ou seja, aumento de 3% em relação a 2010, quando a arrecadação foi de R$ 3,35 bilhões.

Em 2010, entre reimpressões e lançamentos, os títulos produzidos foram 54.754, enquanto em 2011 foram 58.192, um aumento de 6,28%.

A pesquisa ressalta a queda do preço médio em 6,11% de 2010 para 2011, acumulando desde 2004 um total de 21,8%. O levantamento revela ainda que as livrarias – mesmo as virtuais – ainda são o canal mais relevante para as vendas com 44,9% da participação, seguido dos distribuidores com 23,5%. As vendas porta a porta registraram queda de 21,66% em 2010 para 9,07% em 2011.

Os e-books ainda se mostram pouco expressivos no faturamento do setor. Em 2011, foram comercializados 5.235 com um faturamento de cerca de R$ 869 milhões.

Com informações de Lais Peterlini, do M&MOnline / Adaptação: Equipe FTPI.

Últimas notícias do mercado
Mercado nacional de mídia deve crescer 4,6% ao ano até 2021 O seguimento deve movimentar US$ 13 bi em publicidade no mundo, segundo a PwC Produção de bens de capital tem alta de 1,5% em abril Segundo IBGE, a fabricação de bens de consumo duráveis também teve um aumento esse ano Varejo apresenta crescimento no 1º trimestre de 2017 Segundo dados do IBGE, os números são superiores aos do último trimestre de 2016 Impacto da televisão continua forte entre os consumidores Pesquisa da Kantar Media descreve o comportamento do consumidor nas plataformas de mídia atuais Expectativa de baixa inflação deixa consumidores otimistas A confiança reflete a melhora das perspectivas em relação ao emprego e situação financeira, diz pesquisa Veja mais
FTPI
FTPI São Paulo (11) 2178-8700
FTPI Brasília (61) 3035-3750
FTPI Rio de Janeiro (21) 3852-1588
FTPI Nordeste (81) 2128-4350
FTPI Belo Horizonte (31) 2105-3609
FTPI Curitiba (41) 3026-4100
FTPI Campinas (19) 3296-6224
FTPI Porto Alegre (51) 3231-5222
Compartilhe
web by Citrus7 2017 | © Todos os direitos reservados