10Mar/10

TV paga disputa público com internet

A TV por assinatura no país quase dobrou sua abrangência nos últimos cinco anos. Em 2005, estava presente em 4 milhões de domicílios, passando para 7,5 milhões em 2009, de acordo com a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações).

Um dos fatores que impulsionou o crescimento de assinaturas foi a combinação dos serviços de TV, banda larga e telefonia. No entanto, o tempo em que o assinante dedicou aos canais pagos não mudou, mostrando que a TV paga ganhou novos telespectadores, mas não trabalhou para deixar seu conteúdo mais atrativo. Em janeiro de 2005, o telespectador assistiu à TV por assinatura por 2 horas e 14 minutos, segundo o Ibope. Em dezembro de 2009, o tempo se manteve quase o mesmo: 2 horas e 12 minutos.

A internet revelou uma curva ascendente, consumindo, em 2005, 51 minutos diários de um usuário e, em 2009, 1 hora e 19 minutos.

Os números indicam a migração do público da TV aberta para internet e não para a TV paga. O processo foi viabilizado pelas próprias TVs por assinatura, já que a internet em alta velocidade possibilita aos usuários assistirem a programas e séries no computador sem depender das grades de TVs.

Com informações de Daniel Castro, do R7, e do AdNews.

Últimas notícias do mercado
Google Duplex: inteligência artificial e a evolução do atendimento ao cliente A nova ferramenta da assistente pessoal dos celulares Android faz ligações e imita a voz humana para resolver pequenas tarefas do dia a dia Conheça as novidades do Facebook e do Instagram Mark Zuckerberg anunciou durante a conferência anual de desenvolvedores do Facebook ferramentas para incrementar a experiência com as redes sociais. 5 dicas para turbinar seu planejamento digital Estratégias simples podem definir uma trajetória online de sucesso. Clique e confira 5 dicas preciosas para criar um planejamento digital! Anunciantes: o que muda no Facebook após o escândalo da Cambridge Analytica Como as mudanças na política de privacidade da rede social podem afetar o desempenho das campanhas de marcas Humor na publicidade: até que ponto vale a graça O humor sempre foi um dos pilares mais fortes da publicidade, mas é preciso acertar na dose para garantir sucesso Veja mais
FTPI
FTPI São Paulo (11) 2178-8700
FTPI Brasília (61) 3035-3750
FTPI Rio de Janeiro (21) 3852-1588
FTPI Nordeste (81) 2128-4350
FTPI Belo Horizonte (31) 2105-3609
FTPI Curitiba (41) 3026-4100
FTPI Campinas (19) 3296-6224
FTPI Goiânia (62) 98129-0250
FTPI Porto Alegre (51) 99284-2534
Compartilhe
web by Citrus7 2018 | © Todos os direitos reservados