10Fev/20

Tendências: o que estará em alta na publicidade e marketing em 2020

Tendências para a publicidade e o marketing em 2020

O marketing e a publicidade continuam sendo essenciais para atrair consumidores e aumentar o alcance de uma marca. Como 2020 já começou, é hora de organizar suas próximas campanhas. Só que em um mundo tão dinâmico, com consumidores que querem cada vez mais personalização e agilidade, além de inovações que surgem todos os dias, é preciso estar atento ao que é tendência para se manter à frente. Veja algumas previsões sobre esse mercado, atualize-se e esteja preparado.

Publicidade do futuro

A programática está entre os destaques para os próximos anos. Segundo relatório da Zenith, os gastos com esse tipo de anúncio chegarão a US$ 98 bilhões, representando 68% do gasto global com anúncios em mídia digital até este ano.

O uso de tecnologia aplicada à propaganda deve crescer exponencialmente até 2023, segundo especialistas do Adobe. A empresa, junto à MarTech, ainda traz outros insights que ajudam a entender o cenário e saber como será o mercado em um futuro próximo.

  1. AI
    A inteligência artificial trouxe a velocidade para os processos de uma forma que nenhum ser humano conseguiria reproduzir. Então é hora de aproveitar os benefícios que ela proporciona para conquistar mais clientes. Ela, somada ao machine learning (aprendizado de máquina), vão auxiliar a filtrar os enormes volumes de dados em tempo real, encontrando padrões, antecipando resultados e sugerindo as ações ideais para cada cliente, facilitando sua jornada de compra.
  2. DOOH
    O digital out of home, que são aquelas campanhas digitais externas presentes em pontos de ônibus, elevadores e relógios de rua, por exemplo, comuns em grandes cidades, devem a partir de agora estar mais presentes em centros urbanos menores, e também vão receber dados programáticos. Com isso, será possível anunciar nos horários e locais de preferência, conforme o público que se deseja atingir, tornando-se assim uma ferramenta ainda mais poderosa.
  3. Anúncios por voz
    A voz é um recurso que está cada vez mais presente no dia a dia. Um bom exemplo disso são os dispositivos inteligentes domésticos, como Alexa, Siri ou Google Assistente, que vêm fazendo milhões de pessoas em todo o mundo conversarem – literalmente – com inteligências artificiais. Mas a tendência é que, em um futuro próximo, elas também possam ser capazes de sugerir produtos e propagandas com base em publicidade programática.
  4. Wearables
    Os smartwatches já coletam dados sobre a localização, estilo de vida, saúde e outras informações sobre seus usuários. Conforme o mercado cresce, será possível também rastrear, monitorar e otimizar campanhas, que serão muito mais eficientes com os dados fornecidos por wearables, que estarão ainda mais presentes na rotina da população.
  5. Streaming
    Os serviços de streaming devem crescer ainda mais nos próximos anos. Segundo o eMarketer, até 2022, mais de 60% dos usuários de TV dos Estados Unidos usarão plataformas desse tipo pelo menos uma vez por mês. Ou seja, esse promete ser um recurso poderoso para a transmissão de propagandas e banners de publicidade, atingindo aquele público que não costuma consumir TV tradicional.
  6. A vez do 5G
    Com a internet 5G será possível não apenas ter os sites e vídeos carregados com agilidade, mas também permitir que as empresas invistam em Ad Techs – tecnologias digitais para marketing e propaganda – que colocarão os anúncios nas mídias certas, no momento ideal e em velocidade extremamente rápida.

Além da tecnologia

Outra pesquisa, realizada pela Infobase Interativa, mostrou que o fator humano será responsável por influenciar as tendências para o marketing neste ano. Ou seja, apesar da população ter cada vez mais acesso às facilidades tecnológicas, o principal motor desse mercado em 2020 será o próprio homem. São alguns dos itens destacados pela empresa no estudo:

  • Propósito
    Mostrar de forma clara o que está por trás de uma empresa para seu público e valorizar sua força de trabalho são formas de impactar positivamente os negócios. Para 55% dos consumidores, as marcas precisam agir em causas ligadas a seu propósito.
  • Experiência humana
    As inovações podem ser aliadas, mas em alguns pontos acabam afetando negativamente a forma com que as pessoas se relacionam com a marca no digital. A experiência do usuário influenciará todos os processos – para cada US$ 10 gastos em UX, a expectativa e retorno é de US$ 100. O aumento de conversão é de 400% para as empresas que priorizam o usuário nos seus processos de criação.
  • Fusão e agilidade
    O arsenal tecnológico disponível também deve ser mais utilizado para acompanhar as mudanças que acontecem no mercado, como no cruzamento de base de dados ou coleta de insights. Tudo se torna muito mais prático, permitindo acompanhar as oscilações que acontecem a cada segundo.
  • Relação com o consumidor
    A confiança do consumidor será peça central nos próximos anos, sendo fundamental nos processos de criação e estrutura tecnológica. O uso de dados é bastante citado: 53% não usariam produtos de quem vende seus dados e 86% confiam mais naquelas que deixam claro como as informações pessoais são usadas para melhorar a experiência de consumo. A participação também é importante – empresas com processos de co-criação são mais autênticas para 81% dos entrevistados e 79% sentem-se mais próximos daquelas que permitem que eles atuem nesses processos.


Agora que você já está por dentro das principais tendências de publicidade para 2020, chegou a hora de escolher quais irão ser colocadas em prática e aplicá-las no planejamento de divulgação da sua marca. Se precisar de apoio para programar sua campanha em todos os meios e plataformas, conte com o apoio do Grupo FTPI. Entre em contato conosco!

Últimas notícias do mercado
Tendências: o que estará em alta na publicidade e marketing em 2020 Tecnologia deve mover mercado, mas experiência humana ainda é importante para o consumidor. Parceria entre TVs e YouTube abre oportunidades para marcas Emissoras estão investindo na produção online para aumentar proximidade com o público. WhatsApp é a principal fonte de informação do brasileiro, revela pesquisa Levantamento, realizado pelo Congresso Nacional, ouviu pessoas de todos os estados e Distrito Federal. Consumidores brasileiros esperam mais ativismo das marcas Ipsos mapeou causas mais relevantes e o que o público espera de empresas “cidadãs”. Investimentos em rádio, TV e OOH permanecerão estáveis em 2020, revela Kantar Estudo realizado com executivos também aponta crescimento em meios digitais. Veja mais
FTPI
FTPI São Paulo (11) 2178-8700
FTPI Brasília (61) 3035-3750
FTPI Rio de Janeiro (21) 3852-1588
FTPI Nordeste (81) 2128-4350
FTPI Belo Horizonte (31) 2105-3609
FTPI Curitiba (41) 3026-4100
FTPI Campinas (19) 3296-6224
FTPI Goiânia (62) 98129-0250
FTPI Porto Alegre (51) 99284-2534
Compartilhe
web by Citrus7 2020 | © Todos os direitos reservados