10Out/12

Somente 9% dos brasileiros aderem ao m-commerce

A empresa japonesa Rakuten, uma das líderes mundiais em serviços de internet, divulgou um estudo global sobre as tendências de compras por dispositivos móveis, o chamado m-commerce, ou mobile commerce.

Nos resultados, a população do Sudeste Asiático é duas vezes mais propensa às compras por dispositivos móveis que a das nações Ocidentais. 15% dos indonésios e 13% dos tailandeses se disseram felizes em comprar usando seus aparelhos móveis, contra 8% dos norte-americanos e britânicos e 9% dos brasileiros.

O motivo para preferirem a compra via PC ou notebook em vez de um dispositivo móvel é a percepção de uma experiência melhor de compra. A segurança foi outro fator levantado. Entre os europeus, os britânicos são os mais preocupados com a segurança no m-commerce (27%). Já os brasileiros, 20% se preocupam com o assunto nas plataformas móveis.

Os tablets contam pontos a favor do m-commerce por oferecerem uma experiência ligeiramente mais parecida com os notebooks. Com crescimento de 142% nas vendas no primeiro semestre de 2012, segundo a GFK, na Tailândia que o aparelho é mais utilizado para as compras: 35% dos donos de tablets os utilizam para esse fim. A média na Europa é de 18%, e na América Latina, 15%.

O estudo global da Rakuten envolveu pessoas maiores de 18 anos que tivessem feito uma compra online nos 12 meses anteriores a julho (época das entrevistas), em 12 países: Brasil, França, Canadá, Japão, Alemanha, Indonésia, Itália, Tailândia, Espanha, Taiwan, Reino Unido e EUA. Em cada um deles, foram consultados mil consumidores.

Com informações do E-Commerce News/ Adaptação: Equipe FTPI | Negócios em Mídia | Mídia Regional.

Últimas notícias do mercado
Estudo global mostra como novas gerações consomem notícias Levantamento da Comscore mostra que jovens se informam pelas redes sociais e não querem pagar para acessar conteúdo. Instagram supera Facebook em interação de usuários, aponta pesquisa Levantamento da Socialbakers revela que o número de interações foi quase 20 vezes maior no período analisado. Por que as pessoas gostam tanto de seguir influenciadores? Estudo do Diário de Campo Pesquisa buscou entender o que motiva milhões de pessoas a acompanharem digital influencers. Podcasts: Brasil é o segundo país com maior avanço no formato Produção cresceu 85% entre janeiro e novembro de 2019 no país, segundo a Voxnest. IBOPE atualiza a representatividade do ponto de audiência televisiva Com base nas novas estimativas populacionais, instituto alterou os dados de medição nos 15 principais mercados do país. Veja mais
FTPI
FTPI São Paulo (11) 2178-8700
FTPI Brasília (61) 3035-3750
FTPI Rio de Janeiro (21) 3852-1588
FTPI Nordeste (81) 2128-4350
FTPI Belo Horizonte (31) 2105-3609
FTPI Curitiba (41) 3026-4100
FTPI Campinas (19) 3296-6224
FTPI Goiânia (62) 98129-0250
FTPI Porto Alegre (51) 99284-2534
Compartilhe
web by Citrus7 2020 | © Todos os direitos reservados