30Mar/11

Redes sociais são mapeadas em estudo no Brasil

Os hábitos e comportamentos dos internautas brasileiros nas redes sociais foram estudados e convertidos em dados para pesquisa pela empresa de análise de mídia E.life. O levantamento foi divulgado com base na observação de 945 entrevistas realizadas no período de novembro de 2010 a janeiro de 2011. Entre outras informações, o resultado revela que 42,5% dos entrevistados dedicam 41 horas ou mais à internet por semana (quase seis horas por dia).

Outra grande elevação foi notada no número de participantes de redes sociais entre os consultados. Em 2009, 49,1% dos participantes da pesquisa eram usuários do Facebook. Na apuração de 2010 este número subiu para 91,3%. Já o Twitter cresceu de 76,2% para 89,1% neste quesito. Destaque também para o Linkedin, rede com fins profissionais, que possuía 21,8% das menções em 2009 e alcançou 47,5% no ano passado.

As atividades mais praticadas na internet são as conversas virtuais em tempo real (registrada por 85,6%) e a administração de perfis em redes sociais (85,1%). Estes dois números são entendidos quando o estudo destaca que 64,2% dos entrevistados dizem acessar os bate-papos online e contas sociais simultaneamente. Também são hábitos comuns dos internautas escrever no Twitter, ler blogs e visualizar fotos (no Flickr, Orkut, Facebook, entre outros).

Pode-se ressaltar ainda o resultado dos acessos à internet via celular. Em 2009, apenas 34,4% dos usuários tinham esse costume. No levantamento de 2010 este valor passou para 44,8% – a terceira maior plataforma para conexão. Os equipamentos mais utilizados para a navegação ainda são os desktops (82,2%), seguidos pelos notebooks.

Dos serviços em que os usuários possuem conta, aqueles mencionados como mais utilizados foram o Twitter (74%), o Facebook (63%), o MSN (48,4%), o Orkut (34,1%) e o Youtube (12%).

Últimas notícias do mercado
Mercado nacional de mídia deve crescer 4,6% ao ano até 2021 O seguimento deve movimentar US$ 13 bi em publicidade no mundo, segundo a PwC Produção de bens de capital tem alta de 1,5% em abril Segundo IBGE, a fabricação de bens de consumo duráveis também teve um aumento esse ano Varejo apresenta crescimento no 1º trimestre de 2017 Segundo dados do IBGE, os números são superiores aos do último trimestre de 2016 Impacto da televisão continua forte entre os consumidores Pesquisa da Kantar Media descreve o comportamento do consumidor nas plataformas de mídia atuais Expectativa de baixa inflação deixa consumidores otimistas A confiança reflete a melhora das perspectivas em relação ao emprego e situação financeira, diz pesquisa Veja mais
FTPI
FTPI São Paulo (11) 2178-8700
FTPI Brasília (61) 3035-3750
FTPI Rio de Janeiro (21) 3852-1588
FTPI Nordeste (81) 2128-4350
FTPI Belo Horizonte (31) 2105-3609
FTPI Curitiba (41) 3026-4100
FTPI Campinas (19) 3296-6224
FTPI Porto Alegre (51) 3231-5222
Compartilhe
web by Citrus7 2017 | © Todos os direitos reservados