30Out/12

Quase 70% das crianças têm videogame

Aproximadamente sete em 10 crianças (68%) têm videogame – 84% meninos e 53% meninas, segundo dados do Instituto QualiBest. Mesmo assim, a maioria ainda não tem um tablet (78%), smartphone (64%) e MP4 (63%). As meninas são maioria no público que possui MP4 (43%), contra 31% dos meninos. Os números fazem parte do painel de estudos QPainel Kids & Teens, com uma base que reúne crianças e adolescentes com idade entre 8 e 17 anos com autorização dos pais para participar das pesquisas.
Todas as crianças entrevistadas têm em casa pelo menos um item eletrônico, de uso exclusivo ou compartilhado. Computadores e laptops ainda são produtos de uso dividido com outras pessoas da casa (67% e 46%, respectivamente), e os celulares são itens individuais – 57% já possui seu próprio telefone móvel e apenas 21% o divide com alguém.

Apesar da forte presença do videogame na vida das crianças, 92% também afirma jogar pela internet. A preferência feminina é de jogos de culinária, memória, vestir e trocar roupas, maquiagem e manicure, fazendinha e bichinhos. Já os meninos, optam pelas diversões online ligadas a corridas, lutas, ação e aventura, futebol, tiro e perseguição, terror e nave espacial.

O objetivo do novo estudo é fornecer apoio ao desenvolvimento de produtos, campanhas e serviços voltados a este público jovem, diz o instituto. O QualiBest realizou um estudo quantitativo com 102 crianças de 8 a 12 anos de idade das classes A, B e C, abordando hábitos relacionados aos temas Tecnologia, Televisão, Dinheiro, Meio ambiente e Alimentação.

Com informações do IDGNow! / Adaptação: Equipe FTPI | Negócios em Mídia | Mídia Regional.

Últimas notícias do mercado
Conheça as novidades do Facebook e do Instagram Mark Zuckerberg anunciou durante a conferência anual de desenvolvedores do Facebook ferramentas para incrementar a experiência com as redes sociais. 5 dicas para turbinar seu planejamento digital Estratégias simples podem definir uma trajetória online de sucesso. Clique e confira 5 dicas preciosas para criar um planejamento digital! Anunciantes: o que muda no Facebook após o escândalo da Cambridge Analytica Como as mudanças na política de privacidade da rede social podem afetar o desempenho das campanhas de marcas Humor na publicidade: até que ponto vale a graça O humor sempre foi um dos pilares mais fortes da publicidade, mas é preciso acertar na dose para garantir sucesso Veja mais
FTPI
FTPI São Paulo (11) 2178-8700
FTPI Brasília (61) 3035-3750
FTPI Rio de Janeiro (21) 3852-1588
FTPI Nordeste (81) 2128-4350
FTPI Belo Horizonte (31) 2105-3609
FTPI Curitiba (41) 3026-4100
FTPI Campinas (19) 3296-6224
FTPI Goiânia (62) 98129-0250
FTPI Porto Alegre (51) 99284-2534
Compartilhe
web by Citrus7 2018 | © Todos os direitos reservados