22Ago/11

Publicidade médica terá novas restrições em 2012

A propaganda, a utilização das redes sociais e as entrevistas de médicos e instituições médicas terão regras modificadas a partir de fevereiro de 2012. Uma nova resolução foi elaborada pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) e, entre as determinações, será proibida a associações e sindicatos médicos a indicação de produtos que tenham relação com a saúde.

A nova regra atinge também as embalagens de itens que tragam selo ou indicação da chancela médica. Nas redes sociais, o médico não pode divulgar endereço e telefone do consultório/serviço, anunciar aparelhagem e técnicas exclusivas ou divulgar anúncios com o nome do profissional sem o número do CRM (Conselho Regional de Medicina). Isso vale também para blogs. Sites de clínicas ou propagandas nas ruas podem continuar divulgando endereços e contatos dos médicos.

Regras muito específicas ficaram para a propaganda em TV, jornal, rádio, internet, papéis timbrados e outdoors. Elas incluem a divulgação do nome do médico e de seu CRM (ou os dados do responsável pela instituição), tamanhos mínimos para a divulgação destas informações e, em alguns casos, até a fonte da letra que deve ser usada.

Com informações de Johanna Nublat da Folha Online.

Últimas notícias do mercado
Ativação do consumo no varejo cresce no Dia dos Pais Incertezas no cenário político não impediram o aumento de 10% nas vendas online TV está presente em 97% das casas dos brasileiros Online aumenta penetração de mercado, mas mídias tradicionais seguem líderes quando se trata de consumo de notícias Setor nacional de beleza masculina deve superar os EUA Mantendo o ritmo de 7,1% anualmente, o Brasil pode ser o maior mercado do mundo em 2018 60% dos brasileiros acreditam na mídia nacional, diz estudo Pesquisa coloca o Brasil em segundo lugar no índice de confiança do público nos meios de comunicação Mercado nacional de mídia deve crescer 4,6% ao ano até 2021 O segmento deve movimentar US$ 13 bi em publicidade no mundo, segundo a PwC Veja mais
FTPI
FTPI São Paulo (11) 2178-8700
FTPI Brasília (61) 3035-3750
FTPI Rio de Janeiro (21) 3852-1588
FTPI Nordeste (81) 2128-4350
FTPI Belo Horizonte (31) 2105-3609
FTPI Curitiba (41) 3026-4100
FTPI Campinas (19) 3296-6224
FTPI Porto Alegre (51) 3231-5222
Compartilhe
web by Citrus7 2017 | © Todos os direitos reservados