20Jan/12

Publicidade cresce 16% em 2011, segundo Ibope Monitor

Os investimentos em publicidade no Brasil cresceram 16% em 2011 na comparação com 2012, segundo o Ibope Monitor. Dentre as mídias, a TV continua com sua participação de 53%, Jornal caiu (20%), e Revista e TV paga continuaram com 8%. A Internet subiu dois pontos e se distanciou um pouco de Radio, com 6% e 4% respectivamente.

Casas Bahia mantém-se como maior anunciante no período. Foi destaque a alta de 35% nos investimentos da Unilever, 2ª colocada, e a passagem da Reckitt Benckiser da 8ª para a 4ª posição, ficando atrás da Ambev e à frente da Hyundai Caoa, que teve os investimentos reduzidos, caindo para a 5ª posição. A Cervejaria Petrópolis também teve alta nos investimentos, chegando ao 6º lugar (estava no 12º em 2010). Caixa, Volkswagen e Procter&Gamble e Fiat fecham o ranking.

Nas agências, a Y&R continua na liderança, depois aparecem AlmapBBDO, Ogilvy, JWT, WmcCann, EuroRSCG, BorghiErh Lowe, Africa, Neogama e Publicis.

Em termos de praças com maior crescimento, temos Interior de São Paulo, Fortaleza e Brasília, com altas de 22%, 20% e 19%. Nos setores da economia, Varejo mantém a liderança com 22% de participação, com destaque para Higiene Pessoal e Beleza, que passou da 5ª para a 3ª posição. Veículos ficaram em 2º novamente, e Serviços ao Consumidor e Mercado Financeiro e Seguros perderam posições para Higiene.

Com informações do M&MOnline.

Últimas notícias do mercado
Planejamento de mídia sem fronteiras entre online e off-line Veículos multiplataforma mudam a maneira de pensar o planejamento e compra de mídia em todo o País OOH investe em dados para aumentar sua credibilidade Setor de mídia out of home foi o que mais cresceu neste ano e investe em dados para aumentar credibilidade Rádio mantém sua presença pelo Brasil Pesquisa revela que 32% das pessoas prestam atenção sempre ou quase sempre à publicidade veiculada no rádio 4 dicas para descomplicar um plano de mídia all-line Agora é tudo all-line. Confira quatro dicas da equipe boo-box/ftpi para descomplicar a construção de um plano de mídia Sinais de recuperação no varejo surgem após quatro anos Setor cresce 3,1% com a ajuda do e-commerce Veja mais
FTPI
FTPI São Paulo (11) 2178-8700
FTPI Brasília (61) 3035-3750
FTPI Rio de Janeiro (21) 3852-1588
FTPI Nordeste (81) 2128-4350
FTPI Belo Horizonte (31) 2105-3609
FTPI Curitiba (41) 3026-4100
FTPI Campinas (19) 3296-6224
FTPI Porto Alegre (51) 3231-5222
Compartilhe
web by Citrus7 2017 | © Todos os direitos reservados