01Dez/11

Preços têm queda de quase 10% na internet

As compras via web internet devem fechar 2011 com um crescimento de 39,1% em relação ao ano passado. A alta teria sido alavancada pela queda de 9,6% nos preços praticados pelo e-commerce brasileiro.

De acordo com o primeiro Índice Fipe Buscapé, a inovação e o ganho de produtividade são dois dos principais fatores que explicam a deflação. O estudo que será realizado mensalmente pela Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas) tem como base dados gerados pelo portal Buscapé, site de comparação de preços, e pelo e-bit.

O novo índice de preços ao consumidor na internet fará o mapeamento dos valores de mais de 1,3 milhão de produtos, de dez categorias, responsáveis pela movimentação em consumo da ordem de R$ 270 bilhões em 2011. Outros 156 produtos também passarão pelo monitoramento diretamente e representam um consumo estimado de R$ 150 bilhões.

O levantamento diz ainda que o segmento de fotografia foi o que registrou a mais forte queda nos preços, de 21,8%, enquanto os brinquedos e os games tiveram alta de 6,6%, a maior verificada pela pesquisa. Os eletrônicos caíram 13,4% em preço, seguidos pelos artigos de informática, cujos custos diminuíram 5,4%, e pelos eletrodomésticos, que apresentaram uma deflação de 2,8%.

Com informações do M&MOnline.

Últimas notícias do mercado
Consumidores brasileiros estão mais otimistas para 2017 Pesquisa identificou o percentual de pessoas que pretendem ir as compras no natal e o comportamento de consumo Investimento em publicidade deve crescer 3,3% no Brasil Apesar da crise econômica, investimentos globais podem crescer 4,2% no próximo ano, aponta pesquisa do Warc Autoatendimendo deve crescer em três anos no Brasil Consumidores querem experimentar novas tecnologias na hora da compra, entre elas estão o 3D e a Realidade Virtual Crise está alterando hábitos de consumo, segundo estudo A Kantar Worldpanel revela que brasileiro está mais estressado e opta por simplicidade na hora da compra O Live Marketing está alavancando empresas no Brasil Pesquisa da Ampro e da SSK, revela como o setor movimenta R$ 44 bilhões em meio a crise financeira do país Veja mais
FTPI
FTPI São Paulo (11) 2178-8700
FTPI Brasília (61) 3035-3750
FTPI Rio de Janeiro (21) 3852-1588
FTPI Nordeste (81) 2128-4350
FTPI Belo Horizonte (31) 2105-3609
FTPI Curitiba (41) 3026-4100
FTPI Campinas (19) 3296-6224
FTPI Porto Alegre (51) 3231-5222
Compartilhe
web by Citrus7 2016 | © Todos os direitos reservados