01Dez/11

Preços têm queda de quase 10% na internet

As compras via web internet devem fechar 2011 com um crescimento de 39,1% em relação ao ano passado. A alta teria sido alavancada pela queda de 9,6% nos preços praticados pelo e-commerce brasileiro.

De acordo com o primeiro Índice Fipe Buscapé, a inovação e o ganho de produtividade são dois dos principais fatores que explicam a deflação. O estudo que será realizado mensalmente pela Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas) tem como base dados gerados pelo portal Buscapé, site de comparação de preços, e pelo e-bit.

O novo índice de preços ao consumidor na internet fará o mapeamento dos valores de mais de 1,3 milhão de produtos, de dez categorias, responsáveis pela movimentação em consumo da ordem de R$ 270 bilhões em 2011. Outros 156 produtos também passarão pelo monitoramento diretamente e representam um consumo estimado de R$ 150 bilhões.

O levantamento diz ainda que o segmento de fotografia foi o que registrou a mais forte queda nos preços, de 21,8%, enquanto os brinquedos e os games tiveram alta de 6,6%, a maior verificada pela pesquisa. Os eletrônicos caíram 13,4% em preço, seguidos pelos artigos de informática, cujos custos diminuíram 5,4%, e pelos eletrodomésticos, que apresentaram uma deflação de 2,8%.

Com informações do M&MOnline.

Últimas notícias do mercado
Mercado nacional de mídia deve crescer 4,6% ao ano até 2021 O seguimento deve movimentar US$ 13 bi em publicidade no mundo, segundo a PwC Produção de bens de capital tem alta de 1,5% em abril Segundo IBGE, a fabricação de bens de consumo duráveis também teve um aumento esse ano Varejo apresenta crescimento no 1º trimestre de 2017 Segundo dados do IBGE, os números são superiores aos do último trimestre de 2016 Impacto da televisão continua forte entre os consumidores Pesquisa da Kantar Media descreve o comportamento do consumidor nas plataformas de mídia atuais Expectativa de baixa inflação deixa consumidores otimistas A confiança reflete a melhora das perspectivas em relação ao emprego e situação financeira, diz pesquisa Veja mais
FTPI
FTPI São Paulo (11) 2178-8700
FTPI Brasília (61) 3035-3750
FTPI Rio de Janeiro (21) 3852-1588
FTPI Nordeste (81) 2128-4350
FTPI Belo Horizonte (31) 2105-3609
FTPI Curitiba (41) 3026-4100
FTPI Campinas (19) 3296-6224
FTPI Porto Alegre (51) 3231-5222
Compartilhe
web by Citrus7 2017 | © Todos os direitos reservados