08Abr/11

Plano Nacional de Banda Larga caminha com lentidão

Governo e operadoras de telefonia ainda ajustam parceria para o Plano Nacional de Banda Larga (PNBL). Problemas com as negociações ocorrem desde o final do ano passado, quando o contrato final sofreu mudanças na Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) que não agradaram às teles.

Engajadas através de metas de expansão do serviço telefônico nos próximos anos, as operadoras não aceitam a determinação, estabelecida na última alteração, de investir nas centrais já instaladas nos municípios de zonas rurais. Segundo as teles, estas centrais seriam ofertadas também a terceiros por um preço tarifado, o que viabilizaria concorrentes regionais em internet.

Insatisfeitas com o acordo, as operadoras recorreram à Justiça no final do ano passado. Para amenizar e retomar a viabilização do PNBL, o ministro de Comunicações, Paulo Bernardo, pediu a retirada da ação às teles e abriu negociação em janeiro. A última ação do ministro na tentativa de alinhar a negociação foi incentivar as operadoras do PNBL a venderem planos de 600 Kbps por R$ 29,80 no país e, em troca, cancelou os investimentos nas centrais.

Com informações da Folha de S. Paulo e do Adnews.

Últimas notícias do mercado
O poder de influência dos YouTubers na publicidade Conheça o papel dos criadores de conteúdos da maior plataforma de vídeo online e como encontrar o creator ideal para sua marca. 7 dicas para planejar o marketing em datas comemorativas Veja como as marcas podem aproveitar ao máximo essas ocasiões especiais para vender mais. Centennials: como se comunicar com esse público? Nova geração de consumidores já representa cerca de 35% da população mundial. Site Kit by Google: o que você precisa saber sobre esse plugin Anunciada recentemente, nova opção traz acesso rápido a informações, métricas, insights e ferramentas sem precisar sair do WordPress. TV aberta lidera em investimentos de publicidade Dados do Cenp mostram que o meio esteve novamente no topo da lista no primeiro semestre de 2018, com mais de 60% dos investimentos, seguido pela internet, com cerca de 14% do total. Veja mais
FTPI
FTPI São Paulo (11) 2178-8700
FTPI Brasília (61) 3035-3750
FTPI Rio de Janeiro (21) 3852-1588
FTPI Nordeste (81) 2128-4350
FTPI Belo Horizonte (31) 2105-3609
FTPI Curitiba (41) 3026-4100
FTPI Campinas (19) 3296-6224
FTPI Goiânia (62) 98129-0250
FTPI Porto Alegre (51) 99284-2534
Compartilhe
web by Citrus7 2019 | © Todos os direitos reservados