10Abr/13

Paulistanos têm só 10% da renda livre para novos gastos

A renda dos paulistanos chegou a um nível de comprometimento alarmante segundo Claudio Felisoni, presidente do Programa do Varejo da Fundação Instituto de Administração (Provar/FIA). Uma pesquisa da entidade revelou que os consumidores entrevistados têm apenas 10% do rendimento familiar disponível para novos gastos.

Os fatores responsáveis por comprometer os orçamentos das famílias paulistanas são os gastos com educação (21,1%), alimentação (21%) e crediário (16,4%).

A consciência financeira do consumidor sofreu mudanças, pois o levantamento aponta que 21% dos entrevistados conseguiram poupar algum valor nos três primeiros meses de 2013 ante 28% no quarto trimestre de 2012. A poupança (96%), o CDB (2%), o dólar (1%) e o ouro (1%) foram os investimentos preferidos. A média de valor aplicado foi de R$ 1,1 mil.

De abril a junho, 32% dos consultados pela pesquisa esperam poupar algum valor. A média pretendida é de R$ 1.287,37.

Os paulistanos devem financiar a compra de materiais de construção (81,4%), seguido de automóveis (80,8%) e móveis/artigos de cama, mesa e banho (75%).

A pesquisa, feita com 500 consumidores na cidade de São Paulo, estuda a intenção de compras e gastos em diversas categorias, assim como a utilização do crédito nas compras de bens duráveis.

Com informações de Vanessa Stecanella, de O Estado de S. Paulo. / Adaptação: Equipe FTPI | Negócios em Mídia | Mídia Regional.

Últimas notícias do mercado
Estudo global mostra como novas gerações consomem notícias Levantamento da Comscore mostra que jovens se informam pelas redes sociais e não querem pagar para acessar conteúdo. Instagram supera Facebook em interação de usuários, aponta pesquisa Levantamento da Socialbakers revela que o número de interações foi quase 20 vezes maior no período analisado. Por que as pessoas gostam tanto de seguir influenciadores? Estudo do Diário de Campo Pesquisa buscou entender o que motiva milhões de pessoas a acompanharem digital influencers. Podcasts: Brasil é o segundo país com maior avanço no formato Produção cresceu 85% entre janeiro e novembro de 2019 no país, segundo a Voxnest. IBOPE atualiza a representatividade do ponto de audiência televisiva Com base nas novas estimativas populacionais, instituto alterou os dados de medição nos 15 principais mercados do país. Veja mais
FTPI
FTPI São Paulo (11) 2178-8700
FTPI Brasília (61) 3035-3750
FTPI Rio de Janeiro (21) 3852-1588
FTPI Nordeste (81) 2128-4350
FTPI Belo Horizonte (31) 2105-3609
FTPI Curitiba (41) 3026-4100
FTPI Campinas (19) 3296-6224
FTPI Goiânia (62) 98129-0250
FTPI Porto Alegre (51) 99284-2534
Compartilhe
web by Citrus7 2020 | © Todos os direitos reservados