13Mai/11

Mulheres são maioria na conquista de emprego

O percentual de mulheres que ingressaram no mercado de trabalho em 2010 foi maior do que o de homens, segundo pesquisa divulgada pelo Ministério do Trabalho. A alta no período foi de 7,28% para elas e de 6,7% para eles. Mesmo assim, o segundo grupo continua sendo maioria.

Enquanto o número de trabalhadores passou de 24,13 milhões (2009) para 25,75 milhões no ano passado, o de trabalhadoras foi de 17,01 milhões para 18,31 milhões. Os homens também continuam recebendo os maiores salários. A remuneração média deles é de R$ 1.876,58, contra R$ 1.553,44 conquistados por elas.

Houve ampliação ainda no número de empregos na faixa etária de 50 a 64 anos e acima dos 65 anos – a criação de postos de trabalho teve elevação de 10,28% e 12,77%, respectivamente. Há oito anos, a faixa representava 16,7% da força de trabalho; o percentual subiu para 21,8% na média do primeiro trimestre de 2011.

O Norte e o Nordeste foram as regiões do país que mais geraram empregos. O Nordeste teve um crescimento de 7,93% de postos de trabalho, e o Norte apresentou uma alta de 9,9%. O estudo aponta a construção das usinas Jirau e Santo Antônio como a explicação principal do avanço registrado pelas duas localidades.

A pesquisa também mostrou que o Brasil bateu recorde na criação de emprego formal no ano passado com a geração de 2,861 milhões de vagas. Este é o maior número apurado desde 2007, ano que registrou a oferta de 1,617 milhão de empregos. O número de trabalhadores formais no Brasil é de 44,068 milhões – com a soma dos aposentados e pensionistas, o total alcança 66,747 milhões.

Com informações de Ana Carolina Oliveira do Folha.com.

Últimas notícias do mercado
Mercado nacional de mídia deve crescer 4,6% ao ano até 2021 O seguimento deve movimentar US$ 13 bi em publicidade no mundo, segundo a PwC Produção de bens de capital tem alta de 1,5% em abril Segundo IBGE, a fabricação de bens de consumo duráveis também teve um aumento esse ano Varejo apresenta crescimento no 1º trimestre de 2017 Segundo dados do IBGE, os números são superiores aos do último trimestre de 2016 Impacto da televisão continua forte entre os consumidores Pesquisa da Kantar Media descreve o comportamento do consumidor nas plataformas de mídia atuais Expectativa de baixa inflação deixa consumidores otimistas A confiança reflete a melhora das perspectivas em relação ao emprego e situação financeira, diz pesquisa Veja mais
FTPI
FTPI São Paulo (11) 2178-8700
FTPI Brasília (61) 3035-3750
FTPI Rio de Janeiro (21) 3852-1588
FTPI Nordeste (81) 2128-4350
FTPI Belo Horizonte (31) 2105-3609
FTPI Curitiba (41) 3026-4100
FTPI Campinas (19) 3296-6224
FTPI Porto Alegre (51) 3231-5222
Compartilhe
web by Citrus7 2017 | © Todos os direitos reservados