13Dez/11

Mulheres já dominam faculdades, diz pesquisa

Segundo dados do Ministério da Educação, as mulheres já superaram os homens em número de estudantes e até doutores nas universidades, mas a ocupação de cargos de chefia ainda não é realidade no dia a dia das empresas. Mesmo presentes em maior número nas salas de aulas, elas estão em desvantagem em relação aos homens.

Informações dão conta que, na educação básica, há muito mais professores do sexo feminino do que masculino. Do total de 2 milhões de professores registrados no Censo Escolar em 2010, 80% são do sexo feminino, mas mesmo assim, elas não são maioria entre os professores da educação profissional. No ensino superior, 54% de seus 62 mil professores são do sexo masculino.

Apesar de as mulheres serem maioria entre os universitários brasileiros – 3 milhões dos 5,4 milhões de estudantes – e também entre os doutores – desde 2004, as mulheres superaram os homens no doutorado –, elas são minoria nos cargos de docente. De acordo com o Censo da Educação Superior, dos 345 mil professores universitários em exercício no ano passado, 154 mil eram mulheres.

Para os estudiosos, a desigualdade entre homens e mulheres ainda acontece pela discriminação no ambiente acadêmico e científico e por causa dos papéis domésticos, assumidos na maioria das vezes pelas mulheres.

Para Marlise Matos, professora do Departamento de Ciência Política e coordenadora do Núcleo de Estudos sobra a Mulher da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), o ambiente acadêmico é de discriminação. “Há um mito de que a ciência e a academia são lugares isentos. É essencial compreender que esses campos são políticos, lugares de disputa de poder, refletindo o contexto social no qual está inserido: uma sociedade patriarcal, machista, racista e heterossexista. Por isso, não vamos achar negros, mulheres e homossexuais em postos de grande importância”, diz.

Com informações da repórter Priscilla Borges, do IG Educação.

Últimas notícias do mercado
Mercado nacional de mídia deve crescer 4,6% ao ano até 2021 O seguimento deve movimentar US$ 13 bi em publicidade no mundo, segundo a PwC Produção de bens de capital tem alta de 1,5% em abril Segundo IBGE, a fabricação de bens de consumo duráveis também teve um aumento esse ano Varejo apresenta crescimento no 1º trimestre de 2017 Segundo dados do IBGE, os números são superiores aos do último trimestre de 2016 Impacto da televisão continua forte entre os consumidores Pesquisa da Kantar Media descreve o comportamento do consumidor nas plataformas de mídia atuais Expectativa de baixa inflação deixa consumidores otimistas A confiança reflete a melhora das perspectivas em relação ao emprego e situação financeira, diz pesquisa Veja mais
FTPI
FTPI São Paulo (11) 2178-8700
FTPI Brasília (61) 3035-3750
FTPI Rio de Janeiro (21) 3852-1588
FTPI Nordeste (81) 2128-4350
FTPI Belo Horizonte (31) 2105-3609
FTPI Curitiba (41) 3026-4100
FTPI Campinas (19) 3296-6224
FTPI Porto Alegre (51) 3231-5222
Compartilhe
web by Citrus7 2017 | © Todos os direitos reservados