30Set/09

Lula autoriza internet nas eleições de 2010

A internet está liberada para os candidatos e os partidos nas eleições de 2010. Nessa última terça-feira, 29/09, o presidente Lula sancionou o projeto de Lei da reforma eleitoral – que já havia passado pelo Senado e pela Câmara dos Deputados -, regulamentando as regras para a cobertura da corrida eleitoral na web, além dos padrões para as campanhas nos demais veículos de mídia do País.

Lula vetou três itens da nova Lei. O principal deles visava restringir a atuação dos debates entre candidatos na internet, obrigando que os portais e veículos on-line a seguirem as mesmas regras vigentes para os debates nas emissoras de rádio e TV.

Na intenção de assegurar o direito de liberdade na cobertura jornalística da web, a Justiça Federal exige que seja concedido o direito de resposta aos candidatos que porventura se sentirem prejudicados com declarações, reportagens ou comentários. É válida a utilização de sites, blogs, redes sociais e demais ferramentas virtuais pelos candidatos, até mesmo no próprio dia da votação – atualmente, qualquer ação virtual política deveria ser, obrigatoriamente, retirada do ar 48 horas antes dos leitores irem às urnas.

Pelo novo texto, os portais de internet ficam isentos de penalidades caso alguma propaganda irregular eleitoral venha a ser colocada em seu ambiente on-line. Nesses casos, a Justiça estabelece apenas que, após serem notificados, os portais retirem os anúncios do ar.

Outro artigo vetado pelo presidente Lula foi o que previa a criação de percentuais de dedução no Imposto de Renda para as empresas de rádio e televisão por conta da concessão de seus espaços para a exibição da propaganda eleitoral gratuita. O Senado havia aprovado esse item, que garantia que os grupos de mídia poderiam ser parcialmente ressarcidos pela liberação dos horários em sua grade.

Últimas notícias do mercado
Faturamento editorial no Brasil ganha impulso pelo e-commerce Mais de 16 milhões de títulos foram vendidos em 2016, diz pesquisa Programas culinários movimentam R$ 800 milhões em mídia No primeiro semestre de 2017, compra de espaço publicitário foi 17% maior que o mesmo período do ano passado Compra de mídia cresce 2% no primeiro semestre de 2017 Volume total de publicidade foi de R$ 61,9 bi nos seis primeiros meses desse ano, segundo Ibope Ativação do consumo no varejo cresce no Dia dos Pais Incertezas no cenário político não impediram o aumento de 10% nas vendas online TV está presente em 97% das casas dos brasileiros Online aumenta penetração de mercado, mas mídias tradicionais seguem líderes quando se trata de consumo de notícias Veja mais
FTPI
FTPI São Paulo (11) 2178-8700
FTPI Brasília (61) 3035-3750
FTPI Rio de Janeiro (21) 3852-1588
FTPI Nordeste (81) 2128-4350
FTPI Belo Horizonte (31) 2105-3609
FTPI Curitiba (41) 3026-4100
FTPI Campinas (19) 3296-6224
FTPI Porto Alegre (51) 3231-5222
Compartilhe
web by Citrus7 2017 | © Todos os direitos reservados