10Mai/12

Lançamento de produtos em 2011 foi 24% maior que em 2010

Dos 19.600 produtos lançados no varejo do Brasil no ano passado, metade enquadra-se na categoria premium, diz relatório da Nielsen divulgado pela Apas (Associação Paulista de Supermercados). Nos produtos lançados, 50,3% são da categoria “high price”, 13% da “medium price” e 36,7% da categoria “low price”. O número de lançamentos é 24% maior que o de 2010.

O estudo “Tendências do consumidor” revela que o acesso a novas categorias foi a maior fonte do crescimento do consumo no ano passado. As de acesso (46 categorias de produtos como vinho, tintura, cereal matinal e antisséptico bucal) tiveram aumento de 54% e representaram 13% do faturamento do setor. As maduras (85 categorias, entre elas cerveja, sabão em pó, detergente e margarina), tiveram alta mais leve, de 46%, e representaram somente 7,4% da receita dos supermercados. Para o estudo, “o novo é a primeira opção dos brasileiros”.

O levantamento mostra ainda que a tendência de sofisticação do consumo em todas as classes. Nas classes AB, nota-se a criação de nichos de valor: papel higiênico de folha dupla, fralda noturna e sabão líquido são os buscados por esse grupo. Na classe C, registrou-se a recompra de produtos aspiracionais, como desodorante aerosol e sabonetes bactericida e líquido. Nas classes D e E houve a experimentação de produtos aspiracionais de categorias mainstream, entre eles: iogurtes, xampu e refrigerantes. “O maior movimento do mercado ocorre nas classes mais baixas”, divulgou o estudo.

O setor supermercadista encerrou o ano de 2011 com faturamento de R$ 224,3 bilhões, registrando uma evolução real de 4,4%. Nos últimos seis anos, foram somados cinco milhões de novos domicílios – totalizando 45 milhões de lares no país. O tíquete-médio aumentou 12,8% – passando de de R$ 259 em 2010 para R$ 292 no ano passado.

Com informações do PropMark / Adaptação: Equipe FTPI.

Últimas notícias do mercado
Planejamento de mídia sem fronteiras entre online e off-line Veículos multiplataforma mudam a maneira de pensar o planejamento e compra de mídia em todo o País OOH investe em dados para aumentar sua credibilidade Setor de mídia out of home foi o que mais cresceu neste ano e investe em dados para aumentar credibilidade Rádio mantém sua presença pelo Brasil Pesquisa revela que 32% das pessoas prestam atenção sempre ou quase sempre à publicidade veiculada no rádio 4 dicas para descomplicar um plano de mídia all-line Agora é tudo all-line. Confira quatro dicas da equipe boo-box/ftpi para descomplicar a construção de um plano de mídia Sinais de recuperação no varejo surgem após quatro anos Setor cresce 3,1% com a ajuda do e-commerce Veja mais
FTPI
FTPI São Paulo (11) 2178-8700
FTPI Brasília (61) 3035-3750
FTPI Rio de Janeiro (21) 3852-1588
FTPI Nordeste (81) 2128-4350
FTPI Belo Horizonte (31) 2105-3609
FTPI Curitiba (41) 3026-4100
FTPI Campinas (19) 3296-6224
FTPI Porto Alegre (51) 3231-5222
Compartilhe
web by Citrus7 2017 | © Todos os direitos reservados