10Mai/12

Lançamento de produtos em 2011 foi 24% maior que em 2010

Dos 19.600 produtos lançados no varejo do Brasil no ano passado, metade enquadra-se na categoria premium, diz relatório da Nielsen divulgado pela Apas (Associação Paulista de Supermercados). Nos produtos lançados, 50,3% são da categoria “high price”, 13% da “medium price” e 36,7% da categoria “low price”. O número de lançamentos é 24% maior que o de 2010.

O estudo “Tendências do consumidor” revela que o acesso a novas categorias foi a maior fonte do crescimento do consumo no ano passado. As de acesso (46 categorias de produtos como vinho, tintura, cereal matinal e antisséptico bucal) tiveram aumento de 54% e representaram 13% do faturamento do setor. As maduras (85 categorias, entre elas cerveja, sabão em pó, detergente e margarina), tiveram alta mais leve, de 46%, e representaram somente 7,4% da receita dos supermercados. Para o estudo, “o novo é a primeira opção dos brasileiros”.

O levantamento mostra ainda que a tendência de sofisticação do consumo em todas as classes. Nas classes AB, nota-se a criação de nichos de valor: papel higiênico de folha dupla, fralda noturna e sabão líquido são os buscados por esse grupo. Na classe C, registrou-se a recompra de produtos aspiracionais, como desodorante aerosol e sabonetes bactericida e líquido. Nas classes D e E houve a experimentação de produtos aspiracionais de categorias mainstream, entre eles: iogurtes, xampu e refrigerantes. “O maior movimento do mercado ocorre nas classes mais baixas”, divulgou o estudo.

O setor supermercadista encerrou o ano de 2011 com faturamento de R$ 224,3 bilhões, registrando uma evolução real de 4,4%. Nos últimos seis anos, foram somados cinco milhões de novos domicílios – totalizando 45 milhões de lares no país. O tíquete-médio aumentou 12,8% – passando de de R$ 259 em 2010 para R$ 292 no ano passado.

Com informações do PropMark / Adaptação: Equipe FTPI.

Últimas notícias do mercado
Ativação do consumo no varejo cresce no Dia dos Pais Incertezas no cenário político não impediram o aumento de 10% nas vendas online TV está presente em 97% das casas dos brasileiros Online aumenta penetração de mercado, mas mídias tradicionais seguem líderes quando se trata de consumo de notícias Setor nacional de beleza masculina deve superar os EUA Mantendo o ritmo de 7,1% anualmente, o Brasil pode ser o maior mercado do mundo em 2018 60% dos brasileiros acreditam na mídia nacional, diz estudo Pesquisa coloca o Brasil em segundo lugar no índice de confiança do público nos meios de comunicação Mercado nacional de mídia deve crescer 4,6% ao ano até 2021 O segmento deve movimentar US$ 13 bi em publicidade no mundo, segundo a PwC Veja mais
FTPI
FTPI São Paulo (11) 2178-8700
FTPI Brasília (61) 3035-3750
FTPI Rio de Janeiro (21) 3852-1588
FTPI Nordeste (81) 2128-4350
FTPI Belo Horizonte (31) 2105-3609
FTPI Curitiba (41) 3026-4100
FTPI Campinas (19) 3296-6224
FTPI Porto Alegre (51) 3231-5222
Compartilhe
web by Citrus7 2017 | © Todos os direitos reservados