26Mar/12

Jovem brasileiro é o mais vaidoso da América Latina

Segundo a pesquisa “Lateenos”, da Kantar World Panel, feita em 15 países da América Latina, em 2011, os adolescentes eram 151 milhões, respondendo por 27% da população da América Latina. A estimativa é de que em 2015 esse percentual caia para 23%. O Brasil sozinho detém 51% dos adolescentes da região.

 


Crédito: SXC
Jovens consumidores brasileiros sabem onde investirMais da metade dos jovens latinos (56%) gasta o dinheiro que recebe dos pais, ou conquista trabalhando, comprando roupas e acessórios. No Brasil, o percentual sobe para 66%. Em segundo lugar estão os gastos em alimentos, 45% para ambos. Como terceiro item, na América Latina, é o gasto com Transporte (36%) e, no Brasil, com o Cuidado Pessoal (39% das respostas), confirmando a propensão à vaidade desde cedo.

De acordo com Patricia Menezes, gerente de marketing da Kantar Worldpanel: “A brasileira especialmente vive uma pressão para ser perfeita. Há um padrão de beleza mais exacerbado aqui e isso acaba se refletindo no bolso e até para os adolescentes”.

Para o adolescente brasileiro, no quesito Cuidados Pessoais, as cinco preocupações são: Dentes (43%), Cabelos (36%), Acne (31%), Excesso de Peso (23%) e Estrias (20%). O quinto lugar ficou com gastos em telefonia (24% na região e 20% no Brasil).

O estudo avaliou também a proatividade dos teens. Na região, a maioria 54% declara ser ir atrás do que necessita. O segundo maior percentual (19%) é formado pelo grupo do “vale o que já tiver em casa, comprado pelos pais”. Depois deles, vêm 18% que pedem aos pais para comprar o que precisam e, em seguida, 8% dos adolescentes disseram confiar na escolha dos pais.

O levantamento afirma, ainda, que as meninas são maioria entre aqueles compram os produtos de que precisam.

A gerente da Kantar revelou que, além das empresas do setor têxtil, outras passaram a se focar mais no público adolescente. O movimento é recente, mas ainda devem surgir grandes oportunidades, especialmente para as áreas de cuidados pessoais (que ainda tem olhos muito voltados para as meninas), alimentos e telecom.

O estudo dá uma pista para avaliarmos o tamanho desse mercado e o que os adolescentes desejam. “O consumidor, especialmente no Brasil, tem mais poder. O adolescente é o consumidor do futuro”, finaliza Patricia.

Com informações de Roseani Rocha, do M&MOnline / Adaptação: Equipe FTPI.

Últimas notícias do mercado
Mercado nacional de mídia deve crescer 4,6% ao ano até 2021 O seguimento deve movimentar US$ 13 bi em publicidade no mundo, segundo a PwC Produção de bens de capital tem alta de 1,5% em abril Segundo IBGE, a fabricação de bens de consumo duráveis também teve um aumento esse ano Varejo apresenta crescimento no 1º trimestre de 2017 Segundo dados do IBGE, os números são superiores aos do último trimestre de 2016 Impacto da televisão continua forte entre os consumidores Pesquisa da Kantar Media descreve o comportamento do consumidor nas plataformas de mídia atuais Expectativa de baixa inflação deixa consumidores otimistas A confiança reflete a melhora das perspectivas em relação ao emprego e situação financeira, diz pesquisa Veja mais
FTPI
FTPI São Paulo (11) 2178-8700
FTPI Brasília (61) 3035-3750
FTPI Rio de Janeiro (21) 3852-1588
FTPI Nordeste (81) 2128-4350
FTPI Belo Horizonte (31) 2105-3609
FTPI Curitiba (41) 3026-4100
FTPI Campinas (19) 3296-6224
FTPI Porto Alegre (51) 3231-5222
Compartilhe
web by Citrus7 2017 | © Todos os direitos reservados