04Dez/19

Investimentos em rádio, TV e OOH permanecerão estáveis em 2020, revela Kantar

Investimentos em rádio, TV e OOH permanecerão estáveis em 2020, revela Kantar

A Kantar Ibope Media divulgou uma pesquisa em que revela como os departamentos de marketing pretendem investir. A empresa ouviu 486 executivos entre junho e agosto de 2019, que revelaram que no próximo ano devem investir mais em vídeo online (84%), redes sociais (70%), podcasts (63%), TV avançada (54%) e exibição online (52%).

Os gastos com publicidade em rádio continuarão estáveis, no patamar de 49%, o que supera a TV tradicional, que ficará em 46%. O mesmo estudo ainda revelou os investimentos permanecerão iguais em pontos de venda (54%), outdoors (50%) e cinema (51%). Jornais e revistas terão queda, com 66% e 70% respectivamente.

Mídia programática

Outros dados da Kantar mostram que, globalmente, 90% dos executivos de marketing afirmaram usar compra de mídia programática. Apesar do alto número, 32% deles ainda acham que não segmentam com êxito sua audiência. Nas agências, no entanto, apontam uma taxa de confiança na assertividade elevada – 87%.

Algumas iniciativas, porém, representarão grandes mudanças nas ferramentas de segmentação. É o caso, por exemplo, do navegador Safari, que limitam o impacto do retargeting por cookies, buscando dar mais controle ao usuário. Nesse cenário, 43% dos executivos disseram que se preocupam em oferecer medições impactantes em um mundo sem extensões, e 65% manifestaram que já iniciaram projetos para se adaptar a essa nova realidade.

Compra de mídia

O Conselho Executivo de Normas-Padrão (Cenp) divulgou em outubro os dados referentes à compra de mídia no primeiro trimestre do ano. Segundo o levantamento, que contou com a participação de 214 agências, de janeiro a março os investimentos alcançaram R$ 3,8 bilhões, sendo 54,7% destinado à TV aberta e 19,1% à internet – os dois meios que obtiveram maiores verbas. Com um aumento significativo de agências no painel, não é possível fazer um comparativo com o mesmo período de 2018, quando 78 cederam informações.

A entidade subdividiu pela primeira vez a categoria internet: display/outros (59,8%), social (19,7%), busca (11,7%), vídeo (8,7%) e áudio (0,1%). Outras mídias aparecem na lista geral, como OOH com 11,4% dos investimentos, seguida por TV por assinatura (6,6%), rádio (4,6%), jornal (2,6%), revista (0,8%) e cinema (0,3%).

Agora você já conhece as tendências para investimentos em publicidade no próximo ano. Quando precisar de apoio para planejar, negociar e programar suas campanhas em veículos tradicionais e digitais, entre em contato com o Grupo FTPI. Com mais de 30 anos de experiência em serviços de mídia, estamos prontos para ajudá-lo.

Últimas notícias do mercado
Estudo global mostra como novas gerações consomem notícias Levantamento da Comscore mostra que jovens se informam pelas redes sociais e não querem pagar para acessar conteúdo. Instagram supera Facebook em interação de usuários, aponta pesquisa Levantamento da Socialbakers revela que o número de interações foi quase 20 vezes maior no período analisado. Por que as pessoas gostam tanto de seguir influenciadores? Estudo do Diário de Campo Pesquisa buscou entender o que motiva milhões de pessoas a acompanharem digital influencers. Podcasts: Brasil é o segundo país com maior avanço no formato Produção cresceu 85% entre janeiro e novembro de 2019 no país, segundo a Voxnest. IBOPE atualiza a representatividade do ponto de audiência televisiva Com base nas novas estimativas populacionais, instituto alterou os dados de medição nos 15 principais mercados do país. Veja mais
FTPI
FTPI São Paulo (11) 2178-8700
FTPI Brasília (61) 3035-3750
FTPI Rio de Janeiro (21) 3852-1588
FTPI Nordeste (81) 2128-4350
FTPI Belo Horizonte (31) 2105-3609
FTPI Curitiba (41) 3026-4100
FTPI Campinas (19) 3296-6224
FTPI Goiânia (62) 98129-0250
FTPI Porto Alegre (51) 99284-2534
Compartilhe
web by Citrus7 2020 | © Todos os direitos reservados