22Ago/12

Entra no ar o horário eleitoral

Ontem (21/08), emissoras de televisão e de rádio de todo o Brasil abriram espaço para a propaganda eleitoral obrigatória. Até o dia 4 de outubro, durante uma hora diária (fracionada em dois períodos de 30 minutos) será destinada à exibição das campanhas políticas e mensagens dos candidatos para prefeitos e vereadores dos municípios brasileiros.

As emissoras são obrigadas a fazer pequenos ajustes em suas grades para comportar a propaganda partidária sem deixar de lado os seus próprios programas. As grandes emissoras de TV aberta reorganizarão as atrações do horário de almoço e da noite, quando a propaganda eleitoral entra no ar.

Segundo uma publicação feita nesta segunda-feira, 20, no Diário Oficial da União, as emissoras de rádio e de televisão serão compensadas fiscalmente por conta da cessão do espaço para a veiculação da propaganda eleitoral. Conforme o decreto, assinado pela presidente Dilma Rousseff e pelo Ministro da Fazenda, Guido Mantega, a compensação será mensal e baseada no valor dos serviços de divulgação de mensagens dos veículos. A isenção será aplicada no valor final do imposto de renda das emissoras.

Com informações de Bárbara Sacchitiello, do M&MOnline / Adaptação: Equipe FTPI | Negócios em Mídia | Mídia Regional.

Últimas notícias do mercado
Ativação do consumo no varejo cresce no Dia dos Pais Incertezas no cenário político não impediram o aumento de 10% nas vendas online TV está presente em 97% das casas dos brasileiros Online aumenta penetração de mercado, mas mídias tradicionais seguem líderes quando se trata de consumo de notícias Setor nacional de beleza masculina deve superar os EUA Mantendo o ritmo de 7,1% anualmente, o Brasil pode ser o maior mercado do mundo em 2018 60% dos brasileiros acreditam na mídia nacional, diz estudo Pesquisa coloca o Brasil em segundo lugar no índice de confiança do público nos meios de comunicação Mercado nacional de mídia deve crescer 4,6% ao ano até 2021 O segmento deve movimentar US$ 13 bi em publicidade no mundo, segundo a PwC Veja mais
FTPI
FTPI São Paulo (11) 2178-8700
FTPI Brasília (61) 3035-3750
FTPI Rio de Janeiro (21) 3852-1588
FTPI Nordeste (81) 2128-4350
FTPI Belo Horizonte (31) 2105-3609
FTPI Curitiba (41) 3026-4100
FTPI Campinas (19) 3296-6224
FTPI Porto Alegre (51) 3231-5222
Compartilhe
web by Citrus7 2017 | © Todos os direitos reservados