13Set/11

E-commerce não é atividade usual de internautas

A troca de e-mail ainda é o principal uso da internet para os brasileiros quando buscam este veículo para fins pessoais. A leitura de notícias é o segundo costume preferido dos internautas, seguido pelo acesso a sites de busca e a mídias sociais. O e-commerce é o último recurso na lista elaborada pela GfK.

Quase a metade dos entrevistados (44%) apontou a comunicação por e-mails com familiares ou amigos como a principal utilização da web. Entre as mulheres, este índice chega a 51%, contra 38% dos homens. A leitura de notícias, citada por 40% do total dos entrevistados, é o costume mais comum entre os que têm mais de 56 anos (59%). Já para os jovens, com idades entre 18 e 24 anos, o percentual cai para 31%. Entretanto, 61% desta faixa etária têm as mídias sociais entre os usos mais frequentes.

As redes sociais são acessadas por 47% daqueles que estão entre 25 e 34 anos. Na distribuição por renda, as classes que mais utilizam mídias sociais são a C e a D (42%). Para as classes A e B o percentual é de 38%. No total, redes sociais e sites de buscam registraram 39% de citações na pesquisa cada um.

Apenas 9% dos internautas acessam a internet para realizar atividades em e-commerce. Entre as regiões, Sudeste, Nordeste e Centro-Oeste respondem pelos maiores índices (8%). O Sul ficou em último lugar. Os homens são os que mais recorrem ao e-commerce (10% contra 8% das mulheres).

Quanto ao tempo, 40% dos entrevistados reservam de uma a duas horas por dia para fins particulares na web, 18% afirmam utilizar menos de uma hora e 19% não usam a internet o dia todo. A pesquisa foi realizada em nove regiões metropolitanas (Porto Alegre, Curitiba, São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Salvador, Recife, Fortaleza e Belém) e em três capitais (Brasília, Goiânia e Manaus).

Com informações do M&M Online.

Últimas notícias do mercado
Planejamento de mídia sem fronteiras entre online e off-line Veículos multiplataforma mudam a maneira de pensar o planejamento e compra de mídia em todo o País OOH investe em dados para aumentar sua credibilidade Setor de mídia out of home foi o que mais cresceu neste ano e investe em dados para aumentar credibilidade Rádio mantém sua presença pelo Brasil Pesquisa revela que 32% das pessoas prestam atenção sempre ou quase sempre à publicidade veiculada no rádio 4 dicas para descomplicar um plano de mídia all-line Agora é tudo all-line. Confira quatro dicas da equipe boo-box/ftpi para descomplicar a construção de um plano de mídia Sinais de recuperação no varejo surgem após quatro anos Setor cresce 3,1% com a ajuda do e-commerce Veja mais
FTPI
FTPI São Paulo (11) 2178-8700
FTPI Brasília (61) 3035-3750
FTPI Rio de Janeiro (21) 3852-1588
FTPI Nordeste (81) 2128-4350
FTPI Belo Horizonte (31) 2105-3609
FTPI Curitiba (41) 3026-4100
FTPI Campinas (19) 3296-6224
FTPI Porto Alegre (51) 3231-5222
Compartilhe
web by Citrus7 2017 | © Todos os direitos reservados