13Set/11

E-commerce não é atividade usual de internautas

A troca de e-mail ainda é o principal uso da internet para os brasileiros quando buscam este veículo para fins pessoais. A leitura de notícias é o segundo costume preferido dos internautas, seguido pelo acesso a sites de busca e a mídias sociais. O e-commerce é o último recurso na lista elaborada pela GfK.

Quase a metade dos entrevistados (44%) apontou a comunicação por e-mails com familiares ou amigos como a principal utilização da web. Entre as mulheres, este índice chega a 51%, contra 38% dos homens. A leitura de notícias, citada por 40% do total dos entrevistados, é o costume mais comum entre os que têm mais de 56 anos (59%). Já para os jovens, com idades entre 18 e 24 anos, o percentual cai para 31%. Entretanto, 61% desta faixa etária têm as mídias sociais entre os usos mais frequentes.

As redes sociais são acessadas por 47% daqueles que estão entre 25 e 34 anos. Na distribuição por renda, as classes que mais utilizam mídias sociais são a C e a D (42%). Para as classes A e B o percentual é de 38%. No total, redes sociais e sites de buscam registraram 39% de citações na pesquisa cada um.

Apenas 9% dos internautas acessam a internet para realizar atividades em e-commerce. Entre as regiões, Sudeste, Nordeste e Centro-Oeste respondem pelos maiores índices (8%). O Sul ficou em último lugar. Os homens são os que mais recorrem ao e-commerce (10% contra 8% das mulheres).

Quanto ao tempo, 40% dos entrevistados reservam de uma a duas horas por dia para fins particulares na web, 18% afirmam utilizar menos de uma hora e 19% não usam a internet o dia todo. A pesquisa foi realizada em nove regiões metropolitanas (Porto Alegre, Curitiba, São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Salvador, Recife, Fortaleza e Belém) e em três capitais (Brasília, Goiânia e Manaus).

Com informações do M&M Online.

Últimas notícias do mercado
Ativação do consumo no varejo cresce no Dia dos Pais Incertezas no cenário político não impediram o aumento de 10% nas vendas online TV está presente em 97% das casas dos brasileiros Online aumenta penetração de mercado, mas mídias tradicionais seguem líderes quando se trata de consumo de notícias Setor nacional de beleza masculina deve superar os EUA Mantendo o ritmo de 7,1% anualmente, o Brasil pode ser o maior mercado do mundo em 2018 60% dos brasileiros acreditam na mídia nacional, diz estudo Pesquisa coloca o Brasil em segundo lugar no índice de confiança do público nos meios de comunicação Mercado nacional de mídia deve crescer 4,6% ao ano até 2021 O segmento deve movimentar US$ 13 bi em publicidade no mundo, segundo a PwC Veja mais
FTPI
FTPI São Paulo (11) 2178-8700
FTPI Brasília (61) 3035-3750
FTPI Rio de Janeiro (21) 3852-1588
FTPI Nordeste (81) 2128-4350
FTPI Belo Horizonte (31) 2105-3609
FTPI Curitiba (41) 3026-4100
FTPI Campinas (19) 3296-6224
FTPI Porto Alegre (51) 3231-5222
Compartilhe
web by Citrus7 2017 | © Todos os direitos reservados