23Mai/13

Cuiabá: A Gazeta completa 23 anos

Já se vão 23 anos desde que a primeira edição de A Gazeta chegou às bancas de Cuiabá. Ao longo destes anos, o jornal conseguiu se consolidar no mercado e hoje alcança a primeira colocação entre os impressos, com 82,98% da preferência dos leitores, como constatou o Instituto Ibope durante pesquisa realizada entre os dias 26 de novembro a 3 de dezembro de 2012.

Isso dizer que 83 pessoas, a cada 100, leem o jornal que cresceu 17,28 pontos percentuais em relação ao resultado da pesquisa feita em junho de 2011. Nesse mesmo intervalo, um dos concorrentes, que estava em 2º lugar, perdeu 11,97 pontos percentuais, baixando de 25,30% para 13,33%, mantendo um resultado parecido com o atual 2ª colocado, que tem 13,90% de mercado.

Os números mostram que o jornal se tornou leitura indispensável ao longo da semana, mas também tem bons índices de leitura no fim de semana. Aos sábados, por exemplo, a escolha por A Gazeta chega a 92% dos leitores, uma alta de 21,54 pontos percentuais no comparativo com o resultado de 2011, referente ao mesmo dia da semana. Neste período o impresso manteve a liderança nas classes AB, C e DE e tem a preferência de mais de 90% dos leitores com idades entre 40 e 59 anos.

“A forma como conduzimos A Gazeta, com imparcialidade, contribui muito para sermos liderança desde o nascimento, e o Ibope é testemunha que o leitor aprova o nosso trabalho, dos profissionais da Gazeta. Ninguém se mantém líder se não corresponder à expectativa do principal cliente, nesse caso, o leitor”, afirmou o superintendente do Grupo Gazeta de Comunicação, João Dorileo Leal, na época da divulgação da pesquisa, apontando que o resultado premiado do jornal é um mérito dos profissionais que o fazem, da dedicação e trajetória de cada um deles no cargo que ocupa.

“Na noite de lançamento nós conseguimos levar para a festa e apresentar o primeiro exemplar às 2 horas da manhã”, lembrou Mauro Camargo, um dos fundadores da Gazeta e hoje diretor de Redação do jornal.


Crédito: A Gazeta – Cuiabá

 

LER JORNAL FAZ A DIFERENÇA

Pesquisa realizada pelo Ibope Opinião e divulgada em dezembro de 2012 revela que quanto maior o nível de leitura de jornais diários, maior é o nível de inserção do indivíduo na sociedade e de realização profissional. O levantamento, intitulado A Diferença do Jornal na Vida dos Brasileiros, é o resultado compilado de 2.002 questionários aplicados em todo o país pelos pesquisadores.

“Sim, ficou demonstrado que a leitura de notícias em jornal, como fator isolado, faz uma diferença positiva em todas as dimensões analisadas, destacando-se uma maior consciência social e liderança de Opinião, tanto na base como no topo da pirâmide social; melhor colocação e realização no mercado de trabalho, independente do segmento social do trabalhador e maior consciência política no interior do país”, revelou Silvia Cervellini, diretora de Atendimento do Ibope Opinião. “A consciência social dos leitores de jornal é mais elevada do que a média nacional”.

Com isso, fica comprovada a importância do jornal na vida do cidadão e no seu desempenho dentro da sociedade. “A leitura de notícias em jornal traz benefícios para os brasileiros em várias dimensões de sua vida em sociedade e no âmbito individual, independente do nível de escolaridade ou da classe socioeconômica”, frisa Silvia.

Na edição de hoje de A Gazeta, um caderno especial conta a história do jornal e suas perspectivas para os próximos anos. Leia em: www.gazetadigital.com.br.

Com informações de A Gazeta / Adaptação: Equipe FTPI | Negócios em Mídia | Mídia Regional.

Últimas notícias do mercado
Planejamento de mídia sem fronteiras entre online e off-line Veículos multiplataforma mudam a maneira de pensar o planejamento e compra de mídia em todo o País OOH investe em dados para aumentar sua credibilidade Setor de mídia out of home foi o que mais cresceu neste ano e investe em dados para aumentar credibilidade Rádio mantém sua presença pelo Brasil Pesquisa revela que 32% das pessoas prestam atenção sempre ou quase sempre à publicidade veiculada no rádio 4 dicas para descomplicar um plano de mídia all-line Agora é tudo all-line. Confira quatro dicas da equipe boo-box/ftpi para descomplicar a construção de um plano de mídia Sinais de recuperação no varejo surgem após quatro anos Setor cresce 3,1% com a ajuda do e-commerce Veja mais
FTPI
FTPI São Paulo (11) 2178-8700
FTPI Brasília (61) 3035-3750
FTPI Rio de Janeiro (21) 3852-1588
FTPI Nordeste (81) 2128-4350
FTPI Belo Horizonte (31) 2105-3609
FTPI Curitiba (41) 3026-4100
FTPI Campinas (19) 3296-6224
FTPI Porto Alegre (51) 3231-5222
Compartilhe
web by Citrus7 2017 | © Todos os direitos reservados