06Mar/13

Crescimento da renda feminina é maior que a dos homens

A renda das mulheres teve alta nos últimos anos, segundo o Data Popular. Mesmo assim, elas ainda ganham o que os eles recebiam em 1993.

Em 2013, a massa de renda das mulheres deve chegar aR$ 1,01 trilhão, o equivalente à soma das riquezas de países como a Suécia ou a Bélgica. O aumento da renda feminina foi de 83% nos últimos dez anos, já a dos homens foi de 45%.

Para Renato Meirelles, sócio diretor do Data Popular, a presença maciça das mulheres no mercado de trabalho foi decisiva para esta mudança.

Nas últimos 20 anos, 11 milhões de mulheres ingressaram no mercado de trabalho. Isso equivale a toda a população do Rio Grande do Sul.

As carteiras assinadas cresceram 162%, o que possibilitou investimentos em estudos e melhores oportunidades para contribuir com a renda familiar.

Entre os sonhos de consumo das novas consumidoras temos o celular, a TV, o sofá e o fogão. Quase 30% das mulheres pretendem adquirir um telefone novo nos próximos 12 meses, de acordo com a pesquisa.

Para 52%, produtos com tecnologia de última geração são indispensáveis e 25% delas querem comprar uma TV. Duas em cada 10 mulheres gostariam de trocar o sofá ou o fogão. Já 63% acreditam que produtos caros são produtos de qualidade.

Com informações do R7. / Adaptação: Equipe FTPI | Negócios em Mídia | Mídia Regional.

Últimas notícias do mercado
Mercado nacional de mídia deve crescer 4,6% ao ano até 2021 O seguimento deve movimentar US$ 13 bi em publicidade no mundo, segundo a PwC Produção de bens de capital tem alta de 1,5% em abril Segundo IBGE, a fabricação de bens de consumo duráveis também teve um aumento esse ano Varejo apresenta crescimento no 1º trimestre de 2017 Segundo dados do IBGE, os números são superiores aos do último trimestre de 2016 Impacto da televisão continua forte entre os consumidores Pesquisa da Kantar Media descreve o comportamento do consumidor nas plataformas de mídia atuais Expectativa de baixa inflação deixa consumidores otimistas A confiança reflete a melhora das perspectivas em relação ao emprego e situação financeira, diz pesquisa Veja mais
FTPI
FTPI São Paulo (11) 2178-8700
FTPI Brasília (61) 3035-3750
FTPI Rio de Janeiro (21) 3852-1588
FTPI Nordeste (81) 2128-4350
FTPI Belo Horizonte (31) 2105-3609
FTPI Curitiba (41) 3026-4100
FTPI Campinas (19) 3296-6224
FTPI Porto Alegre (51) 3231-5222
Compartilhe
web by Citrus7 2017 | © Todos os direitos reservados