29Fev/12

Copa: 85% hotéis brasileiros são de qualidade ruim

Em todas as 27 capitais, o Brasil registrou 5.036 estabelecimentos de hospedagem em 2011, somente quatro cidades concentram mais de 40% deste total. A maior densidade está na capital paulista, com 19,3% do total e 972 estabelecimentos entre hotéis, motéis, apart hotéis, pousadas, pensões e albergues. É o que diz a Pesquisa de Serviços de Hospedagem de 2011, divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Crédito: RioTur
Hotéis brasileiros deixam a desejar no quesito qualidade

O Rio de Janeiro conta com 429 estabelecimentos, acompanhado por Salvador, com 358 e Belo Horizonte, com 291.

Segundo o IBGE, a maioria dos estabelecimentos de hospedagem, ou seja, 85,5% do total, tem padrão médio ou baixo no quesito de conforto e qualidade.

Os de luxo ou superior com padrão elevado de conforto e qualidade de serviços somam apenas 14,5%. A análise leva em conta decoração, mobiliário, aparelhos, instalações sociais e esportivas e o padrão de atendimento aos clientes.

Os que têm estrutura adaptada para pessoas portadoras de necessidades especiais são somente 1,3% dos estabelecimentos.

Os números mostram o tamanho dos desafios do país que vai sediar importantes eventos internacionais, entre eles a conferência das Nações Unidas sobre crescimento sustentável, a Rio+20, em junho, assim como a Copa das Confederações em 2013, a Copa do Mundo em 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro.

No ano passado, o setor de turismo computou a entrada de 5,4 milhões de estrangeiros, que gastaram US$ 6,775 bilhões em território brasileiro, ultrapassando a meta projetada pela Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), que girava em torno de US$ 6,4 bilhões. O valor é uma marca histórica e representa um crescimento de 14,4% em relação a 2010, quando o valor era de US$ 5,919 bilhões.

Mas apesar dos investimentos, o turismo no Brasil ainda detém números baixos quando comparados a outros países como a França, com 76,8 milhões de turistas estrangeiros em 2010, Estados Unidos com 59,7 milhões, China com 55,7 milhões e Espanha com 52,7 milhões conforme a Organização Mundial de Turismo.

A pesquisa do IBGE revela ainda que Brasília é a capital com a maior proporção de hotéis na sua rede de hospedagem, com 67,1% dos estabelecimentos nesta categoria, seguida por Curitiba (62,4%), São Paulo (59,1%), e Rio de Janeiro (58,3%).

Fortaleza é a capital com a maior concentração de motéis, com 39,3% de sua rede composta por este tipo de hospedagem. Em Florianópolis, as pousadas são mais numerosas, com 40,2% do total. Já nas principais capitais do Nordeste, merecem destaque Natal, com 30,2%, e Salvador, com 26%.

Com informações do IG Economia / Adaptação: Equipe FTPI.

Últimas notícias do mercado
Planejamento de mídia sem fronteiras entre online e off-line Veículos multiplataforma mudam a maneira de pensar o planejamento e compra de mídia em todo o País OOH investe em dados para aumentar sua credibilidade Setor de mídia out of home foi o que mais cresceu neste ano e investe em dados para aumentar credibilidade Rádio mantém sua presença pelo Brasil Pesquisa revela que 32% das pessoas prestam atenção sempre ou quase sempre à publicidade veiculada no rádio 4 dicas para descomplicar um plano de mídia all-line Agora é tudo all-line. Confira quatro dicas da equipe boo-box/ftpi para descomplicar a construção de um plano de mídia Sinais de recuperação no varejo surgem após quatro anos Setor cresce 3,1% com a ajuda do e-commerce Veja mais
FTPI
FTPI São Paulo (11) 2178-8700
FTPI Brasília (61) 3035-3750
FTPI Rio de Janeiro (21) 3852-1588
FTPI Nordeste (81) 2128-4350
FTPI Belo Horizonte (31) 2105-3609
FTPI Curitiba (41) 3026-4100
FTPI Campinas (19) 3296-6224
FTPI Porto Alegre (51) 3231-5222
Compartilhe
web by Citrus7 2017 | © Todos os direitos reservados