21Ago/18

Como o blockchain promete revolucionar o marketing digital

Como o blockchain promete revolucionar o marketing digital

Já ouviu falar em blockchain? Esse termo ganhou bastante notoriedade nos últimos anos com a popularidade das moedas digitais, como o bitcoin. Apesar de parecer um conceito meio abstrato, essas plataformas estão revolucionando vários setores da indústria, e o mercado publicitário não fica fora disso.

Explicando de uma forma bem simples, o blockchain é uma base de dados compartilhada entre usuários, mas que não tem a necessidade de uma matriz central. Ou seja, tudo o que for colocado dentro dessa cadeia digital de informações fica disponível para qualquer pessoa que tenha acesso, sem o risco de que o sistema caia com a saída de um usuário específico.

Para exemplificar, é como se fosse uma plataforma de torrent, em que cada indivíduo pode compartilhar os dados que quiser para que os outros tenham acesso, mas com a diferença de que o processo é inteiramente transparente para todos os que estiverem vinculados ali. E, por incrível que pareça, isso pode ser aplicado ao marketing digital.

Uma característica fundamental do blockchain é que todas as informações ficam armazenadas no banco, mesmo que o autor queira apagá-las ou modificá-las. Tudo o que acontecer ali dentro fica disponível para qualquer usuário acessar e, por usar complicados códigos matemáticos, é impossível quebrar essa regra de transparência do blockchain.

E é justamente por isso que essa tecnologia está revolucionando o mercado de publicidade on-line. Já pensou ter acesso ao que os seus clientes pensam sem precisar da intermediação de uma empresa, como o Google ou o Facebook? Essa é a proposta do blockchain: eliminar os players intermediários.

Blockchain e marketing digital

Já existem empresas usando essas plataformas para manter um contato direto e transparente com sua base de clientes. Nelas, o usuário pode escolher quais informações quer compartilhar com as marcas e, às vezes, até ser remunerado por isso, com moedas digitais ou com produtos equivalentes.

Ou seja: diferentemente do que acontece com outros serviços de marketing digital, os usuários poderão ser compensados por eles diretamente, em vez de essa quantia de dinheiro ser enderaçada às empresas controladoras das mídias. O próprio cliente recebe para comercializar as suas informações.

Além de ser um processo mais seguro para a clientela, essa novidade ajuda as empresas a terem um panorama claro de onde a informação pode vir e qual a eficácia do investimento em publicidade digital.

Existem muitas companhias que investem bastante dinheiro em anúncios online, mas que não conseguem enxergar o resultado, já que o site que hospeda esse tipo de propaganda não é claro quanto ao impacto que aquela campanha terá na base de clientes desejada.

Então, ao acessar o interesse dos usuários pelo caminho mais direto, a empresa poupa energia tentando entender os códigos complexos que são usados por essas plataformas para disponibilizar os anúncios pagos.

Relação entre empresas

Outra vantagem do blockchain é que, ao permitir o upload de arquivos e outros tipos de mídia, essa base de dados também podem ser usada por empresas para estabelecer contratos de marketing com outras companhias especializadas nisso.

Com a garantia da transparência, fica muito mais simples ter uma visão ampla de tudo o que está sendo negociado, além de facilitar o controle na hora dos pagamentos. E, para o alívio das empresas que depositam grandes quantidades de dinheiro nesse tipo de marketing, o número de views e acessos aos conteúdos fabricados pode ficar disponível para consulta, o que evita fraudes no sistema.

O uso do blockchain na publicidade ainda não engrenou totalmente, mas a tendência é de que o mercado caminhe para uma noção mais transparente, tanto nas negociações entre as empresas do ramo como na relação direta com os usuários, cada vez mais preocupados com a questão da privacidade nas redes.

Investir nesse tipo de tecnologia parece ser o futuro do marketing digital.

Últimas notícias do mercado
Internet das Coisas (IoT): saiba como usá-la para se conectar ao consumidor Acesso à rede a partir de diferentes objetos pode ajudar marcas a entenderem as necessidades do seu cliente. 4 fatores que influenciam os consumidores Conhecer os hábitos do seu consumidor é a chave para acertar no tom da publicidade e chamar a atenção dele ao seu produto. 6 tecnologias que prometem facilitar a vida do publicitário Conheça as plataformas que podem ajudar a melhorar o desempenho de uma marca nas redes sociais. Google Marketing Platform, a nova plataforma para publicidade online Conheça a ferramenta que promete otimizar o planejamento e administração das campanhas de marketing da sua empresa. Mídias OOH se reinventam para fisgar a atenção dos mais jovens Outdoors, placas e telas de LCD estão ganhando espaço na publicidade por serem tão eficientes quanto as redes sociais quando o assunto é conversar com os mais novos. Veja mais
FTPI
FTPI São Paulo (11) 2178-8700
FTPI Brasília (61) 3035-3750
FTPI Rio de Janeiro (21) 3852-1588
FTPI Nordeste (81) 2128-4350
FTPI Belo Horizonte (31) 2105-3609
FTPI Curitiba (41) 3026-4100
FTPI Campinas (19) 3296-6224
FTPI Goiânia (62) 98129-0250
FTPI Porto Alegre (51) 99284-2534
Compartilhe
web by Citrus7 2018 | © Todos os direitos reservados