07Jan/11

Comércio teve crescimento de 10,3% em 2010

Números do Serasa Experian indicam que o comércio brasileiro obteve crescimento de 10,3% em 2010. O resultado é quase o dobro do registrado em 2009, quando o varejo nacional teve alta de 5,8%. A oferta de crédito em condições favoráveis, o bom momento vivido pelo mercado de trabalho e o alto grau de confiança dos consumidores foram as principais razões para o desempenho positivo da atividade varejista no ano passado.

O setor de itens de construção merece destaque em 2010, com expansão de 17% em relação ao ano anterior. O ramo de móveis, eletroeletrônicos e informática também teve um excelente desempenho no ano passado, com crescimento de 14,9% em relação a 2009. O setor de veículos, motos e peças registrou expansão de 10,9% na comparação com todo o ano de 2009.

Para 2011, as expectativas dão conta de um crescimento de 8%. O avanço menos acelerado deve acontecer em razão das medidas de aperto no crédito ditadas pelo Banco Central no início de dezembro, das previsões de aumento nas taxas de juros e das promessas de uma política fiscal mais austera por parte do novo governo em 2011. Assim, por tabela, a atividade varejista também sofrerá os efeitos destes processos, segundo economistas do Serasa.

Com informações do M&M Online.

Últimas notícias do mercado
Ativação do consumo no varejo cresce no Dia dos Pais Incertezas no cenário político não impediram o aumento de 10% nas vendas online TV está presente em 97% das casas dos brasileiros Online aumenta penetração de mercado, mas mídias tradicionais seguem líderes quando se trata de consumo de notícias Setor nacional de beleza masculina deve superar os EUA Mantendo o ritmo de 7,1% anualmente, o Brasil pode ser o maior mercado do mundo em 2018 60% dos brasileiros acreditam na mídia nacional, diz estudo Pesquisa coloca o Brasil em segundo lugar no índice de confiança do público nos meios de comunicação Mercado nacional de mídia deve crescer 4,6% ao ano até 2021 O segmento deve movimentar US$ 13 bi em publicidade no mundo, segundo a PwC Veja mais
FTPI
FTPI São Paulo (11) 2178-8700
FTPI Brasília (61) 3035-3750
FTPI Rio de Janeiro (21) 3852-1588
FTPI Nordeste (81) 2128-4350
FTPI Belo Horizonte (31) 2105-3609
FTPI Curitiba (41) 3026-4100
FTPI Campinas (19) 3296-6224
FTPI Porto Alegre (51) 3231-5222
Compartilhe
web by Citrus7 2017 | © Todos os direitos reservados