09Ago/11

Classe C tem maioria feminina, branca e adulta

Perfil elaborado pela Secretaria de Assuntos Estratégicos (SAE) da Presidência da República mostra que a nova classe média brasileira, formada por 95 milhões de pessoas, tem a maioria feminina (51%), branca (52%) e é predominantemente adulta (mais de 25 anos – 63%).

A classe C teve, na última década, o ingresso de 31 milhões de pessoas e tornou-se o estrato social mais volumoso. Segundo o levantamento, ela também é majoritariamente urbana (89%), estando presente em maior número nas Regiões Sul (61%), Sudeste (59%) e Centro-Oeste (56%). O percentual da população da classe média é maior em cidades de pequeno porte (45%), com menos de 100 mil habitantes, do que em regiões metropolitanas (32%) e em cidades de médio porte (23%). Três quartos da classe C moram em casa própria.

No quesito educação, os dados revelam que 99% das crianças e adolescentes (7 a 14 anos) desta faixa econômica frequentam a escola. A proporção é a mesma que a da classe alta. Já para idades maiores, a classe A e B têm 95% dos jovens de 15 a 17 anos e 54% dos adultos de 18 a 24 nas escolas.  Na classe emergente, estes percentuais caem para 87% e 28%, respectivamente.

A pesquisa ainda diz que seis em cada 10 pessoas da classe C estão empregadas. A maioria tem registro formal (42% com carteira assinada e 11% como funcionário público); 19% trabalham sem registro; outros 19% trabalham por conta própria; 3% são empregadores; e 6% não são remunerados. O perfil de formalização da classe C (53%) está acima da média nacional (47%), mas, na classe alta, o índice de formalização é maior (59%). A renda familiar da classe média varia de R$ 1 mil a R$ 4 mil mensais.

Com informações da Agência Brasil e do Portal Alô.

Últimas notícias do mercado
Ativação do consumo no varejo cresce no Dia dos Pais Incertezas no cenário político não impediram o aumento de 10% nas vendas online TV está presente em 97% das casas dos brasileiros Online aumenta penetração de mercado, mas mídias tradicionais seguem líderes quando se trata de consumo de notícias Setor nacional de beleza masculina deve superar os EUA Mantendo o ritmo de 7,1% anualmente, o Brasil pode ser o maior mercado do mundo em 2018 60% dos brasileiros acreditam na mídia nacional, diz estudo Pesquisa coloca o Brasil em segundo lugar no índice de confiança do público nos meios de comunicação Mercado nacional de mídia deve crescer 4,6% ao ano até 2021 O segmento deve movimentar US$ 13 bi em publicidade no mundo, segundo a PwC Veja mais
FTPI
FTPI São Paulo (11) 2178-8700
FTPI Brasília (61) 3035-3750
FTPI Rio de Janeiro (21) 3852-1588
FTPI Nordeste (81) 2128-4350
FTPI Belo Horizonte (31) 2105-3609
FTPI Curitiba (41) 3026-4100
FTPI Campinas (19) 3296-6224
FTPI Porto Alegre (51) 3231-5222
Compartilhe
web by Citrus7 2017 | © Todos os direitos reservados