03Ago/11

Classe C amplia compras pelo e-commerce

De acordo com dados do e-bit, 61% dos novos usuários do comércio eletrônico no primeiro semestre de 2011 possuem renda familiar igual ou menor a R$ 3 mil. Em 2009, 44,6% do total de e-consumidores pertenciam à classe C. Nos primeiros meses deste ano, este número subiu para 46,5% (aproximadamente cinco milhões de novos consumidores durante o intervalo de tempo).

“O crescimento da baixa renda no e-commerce é relevante e deve continuar em evidência para os próximos anos. Percebemos que esse consumidor chega ao novo canal já adquirindo produtos de alto valor agregado como eletrodomésticos, eletrônicos e artigos de informática. A partir dessa primeira experiência, muitas vezes parcelada em 12 vezes sem juros no cartão de crédito, este indivíduo passa a considerar a internet como novo canal de compras no seu repertório de opções”, avalia Alexandre Umberti, diretor de marketing e produtos da e-bit.

Analisando apenas as pessoas desta faixa de renda que fizeram sua primeira compra no mesmo período, o valor médio de gasto é de R$ 340,00. Relevante também é a participação feminina. Ao longo dos seis primeiros meses de 2011, 55% dos novos entrantes da classe C pertenciam a este gênero.

Ainda segundo a pesquisa, 22% dos consumidores possuíam ao menos o ensino superior completo, enquanto 78% não concluíram a graduação. A região Sudeste possui a maior fatia dos novos e-consumidores de baixa renda (64% do total), seguida das regiões Nordeste e Sul com 14% e 12%, respectivamente. No que diz respeito à idade, 24% dos que fizeram a primeira compra possuíam entre 35 e 49 anos.

Com informações do Adnews.

Últimas notícias do mercado
Mercado nacional de mídia deve crescer 4,6% ao ano até 2021 O seguimento deve movimentar US$ 13 bi em publicidade no mundo, segundo a PwC Produção de bens de capital tem alta de 1,5% em abril Segundo IBGE, a fabricação de bens de consumo duráveis também teve um aumento esse ano Varejo apresenta crescimento no 1º trimestre de 2017 Segundo dados do IBGE, os números são superiores aos do último trimestre de 2016 Impacto da televisão continua forte entre os consumidores Pesquisa da Kantar Media descreve o comportamento do consumidor nas plataformas de mídia atuais Expectativa de baixa inflação deixa consumidores otimistas A confiança reflete a melhora das perspectivas em relação ao emprego e situação financeira, diz pesquisa Veja mais
FTPI
FTPI São Paulo (11) 2178-8700
FTPI Brasília (61) 3035-3750
FTPI Rio de Janeiro (21) 3852-1588
FTPI Nordeste (81) 2128-4350
FTPI Belo Horizonte (31) 2105-3609
FTPI Curitiba (41) 3026-4100
FTPI Campinas (19) 3296-6224
FTPI Porto Alegre (51) 3231-5222
Compartilhe
web by Citrus7 2017 | © Todos os direitos reservados