13Abr/11

Cai estimativa mundial de investimentos em publicidade

O crescimento no investimento global em propaganda foi recalculado após acontecimentos mundiais de grandes proporções e novo número é um pouco mais modesto. A previsão, divulgada pela Zenith Optimedia, passou de 4,6% para 4,2% em relação a dezembro do ano passado (perda de US$ 2,4 bilhões).

Conflitos no Oriente Médio, principalmente no Egito, e o terremoto no Japão foram os principais fatos que justificam essa queda. No primeiro caso, a publicidade praticamente cessou no Egito durante a revolução. Mesmo com o término das manifestações, anunciantes continuam muito cuidadosos sobre o conteúdo que pretendem veicular. O país deve sofrer uma redução de 20% neste mercado em 2011, e terá uma recuperação de 12,1% no ano seguinte.

Quanto ao Japão, estima-se que o país encolha cerca de 4,1% e cresça 4,6% em 2012. Serviços substituem mensagens publicitárias nos veículos após o terremoto e os episódios de blackout e dificuldade de distribuição afetaram (e afetarão) profundamente o consumo de mídia no país.

Apesar do declínio na estimativa de 2011, o investimento em propaganda do ano que vem também foi reformulado e ganhou valor maior. Em 2012 haverá crescimento de 5,8% neste setor (maior que os 5,2% apresentados anteriormente). O motivo da elevação está na recuperação dos mercados em dificuldades e no fortalecimento do Leste, Centro e Oeste da Europa – locais onde anunciantes estão se tornando mais confiantes no futuro da economia.

Os mercados emergentes (todos os países menos Estados Unidos, nações da Europa Ocidental e Japão) colaborarão com 62% do total do investimento publicitário nos próximos três anos. Cinco grandes contribuintes deste grupo serão: China (US$ 10,8 bilhões), Rússia (US$ 6,9 bilhões), Brasil (US$ 3,3 bilhões), Índia (US$ 2,5 bilhões) e Indonésia (US$2,4 bilhões). Estados Unidos crescerá sozinho 3,1% até 2013.

Com informações do Propmark.

Últimas notícias do mercado
Programas culinários movimentam R$ 800 milhões em mídia No primeiro semestre de 2017, compra de espaço publicitário foi 17% maior que o mesmo período do ano passado Compra de mídia cresce 2% no primeiro semestre de 2017 Volume total de publicidade foi de R$ 61,9 bi nos seis primeiros meses desse ano, segundo Ibope Ativação do consumo no varejo cresce no Dia dos Pais Incertezas no cenário político não impediram o aumento de 10% nas vendas online TV está presente em 97% das casas dos brasileiros Online aumenta penetração de mercado, mas mídias tradicionais seguem líderes quando se trata de consumo de notícias Setor nacional de beleza masculina deve superar os EUA Mantendo o ritmo de 7,1% anualmente, o Brasil pode ser o maior mercado do mundo em 2018 Veja mais
FTPI
FTPI São Paulo (11) 2178-8700
FTPI Brasília (61) 3035-3750
FTPI Rio de Janeiro (21) 3852-1588
FTPI Nordeste (81) 2128-4350
FTPI Belo Horizonte (31) 2105-3609
FTPI Curitiba (41) 3026-4100
FTPI Campinas (19) 3296-6224
FTPI Porto Alegre (51) 3231-5222
Compartilhe
web by Citrus7 2017 | © Todos os direitos reservados