11Mai/12

Brasileiro prefere consumir web à televisão

Um levantamento realizado pela ComScore a pedido do IAB revelou números que mostram a forte relação do brasileiro com a internet. Na tentativa de entender como a população se relaciona com a web, a ComScore entrevistou, em fevereiro, mais de duas mil pessoas. Um dos resultados, apresentados durante o evento ProXXIma 2012, indica que 42% das pessoas passam pelo menos duas horas por dia conectada seja via computador ou celular. Para a TV, esse percentual, para a mesma quantidade de horas, cai para 25%.

Uma das perguntas da pesquisa deu a dimensão do que a web representa na vida dos brasileiros. “Se você tivesse 15 minutos livres para usar no dia, qual seria a atividade preferida?”: para esta questão, primeira resposta foi a navegação na internet, escolhida por 33% dos entrevistados. Em seguida, aparecem as redes sociais, com 13%. Ver TV registrou 11% das preferências. Somadas as respostas que entendiam uso online, 62% das pessoas dedicariam 15 minutos livres ao consumo de meios digitais.

Fábio Coelho, presidente do IAB Brasil, ressaltou a internet como a atividade preferida em todas as faixas etárias, até mesmo entre os indivíduos com mais de 55 anos – grupo que tem o maior índice para assistir à televisão no tempo livre, com 15% das respostas (navegar na web, para essa faixa etária, ficou com 34%).

Coelho afirmou também, com base nos resultados do estudo, que a internet é a mídia mais utilizada em todos os lugares, como escola e trabalho, e situações de um dia típico. Nas residências, esse consumo supera o do jornal pela manhã e o da TV à noite (se analisado por dia). De manhã, 14% das pessoas consomem jornal, segundo a pesquisa. O percentual para a web, nesse momento do dia, é de 69%. À noite, 78% dos entrevistados afirmaram navegar pela internet. E 46% ficam ligados na TV.

Quando o assunto é publicidade, Coelho identificou que os entrevistados consideraram a publicidade online criativa e rica em conteúdo. Se comparada com outros meios, a internet teve melhores resultados em todos os quesitos, exceto um: a qualidade de ser memorável. Nesse caso, quem assume o primeiro lugar é a TV, com 44% das respostas. A internet teve com 36%. Em criatividade, a web se sobressaiu.

De acordo com a pesquisa do IAB, os entrevistados veem os anúncios digitais como mais criativos e inovadores (49%) que os veiculados na TV (38%). Coelho acredita que uma das razões para isso está no uso mais integrado de tecnologias, além do bom uso das ferramentas disponíveis hoje.

Últimas notícias do mercado
5 tendências de mídias sociais para ficar ligado em 2018 Entre as plataformas que conectam marcas e consumidores, as mídias sociais estão longe de perder o posto no ano que vem Consumo de TV aumenta 1 hora nos últimos 10 anos Emissoras como TV Diário do Ceará são exemplos de como os conteúdos multiplataformas tem impulsionado o meio Poder dos influenciadores digitais vai além da geração Y Pesquisa revela que quase ¼ dos pais da geração Y são influenciados por personalidades digitais Planejamento de mídia sem fronteiras entre online e off-line Veículos multiplataforma mudam a maneira de pensar o planejamento e compra de mídia em todo o País OOH investe em dados para aumentar sua credibilidade Setor de mídia out of home foi o que mais cresceu neste ano e investe em dados para aumentar credibilidade Veja mais
FTPI
FTPI São Paulo (11) 2178-8700
FTPI Brasília (61) 3035-3750
FTPI Rio de Janeiro (21) 3852-1588
FTPI Nordeste (81) 2128-4350
FTPI Belo Horizonte (31) 2105-3609
FTPI Curitiba (41) 3026-4100
FTPI Campinas (19) 3296-6224
FTPI Porto Alegre (51) 3231-5222
Compartilhe
web by Citrus7 2017 | © Todos os direitos reservados