15Mar/11

Brasil tem aumento de 7% na circulação de revistas

As revistas brasileiras no ano passado registraram, segundo o Instituto Verificador de Circulação (IVC), um avanço de 7,3% em sua circulação. Houve lançamentos de 25 títulos semanais (acréscimo de 8%), três quinzenais (21%) e 187 mensais (5%).

Como exemplo desse desempenho pode ser citada a alta de 17% da Playboy. Os 373 mil exemplares avulsos da edição que trazia como capa a atriz Cleo Pires formaram o melhor resultado de 2010 para a publicação. Para comparar, a segunda bem colocada na lista de vendas foi a tiragem que teve Larissa Riquelme como destaque, alcançando 194 mil revistas em bancas. A Playboy ainda conta com 92 mil assinantes.

A Veja também obteve um resultado que demonstra como a escolha da capa ajudou o crescimento na venda de revistas em 2010. Falando sobre dieta e com a manchete “O fim do efeito sanfona”, na edição de fevereiro do ano passado, a publicação vendeu 205 mil exemplares em bancas – 30% mais que a média de vendas avulsas de Veja no ano inteiro (são 1 milhão de revistas do título vendidas por semana, em média).

Outras publicações com excelentes marcas de circulação foram as que possuem o público adolescente como alvo. A Capricho, líder do segmento, cresceu 37% em 2010, elevando sua média quinzenal para 203 mil exemplares. Concorrentes também avançaram. Todatenn aumentou 56% a sua circulação, batendo média de 133 mil mensais, e a Atrevida cresceu 48%, alcançando 130 mil mensais.

Com informações do M&M Online

Últimas notícias do mercado
Ativação do consumo no varejo cresce no Dia dos Pais Incertezas no cenário político não impediram o aumento de 10% nas vendas online TV está presente em 97% das casas dos brasileiros Online aumenta penetração de mercado, mas mídias tradicionais seguem líderes quando se trata de consumo de notícias Setor nacional de beleza masculina deve superar os EUA Mantendo o ritmo de 7,1% anualmente, o Brasil pode ser o maior mercado do mundo em 2018 60% dos brasileiros acreditam na mídia nacional, diz estudo Pesquisa coloca o Brasil em segundo lugar no índice de confiança do público nos meios de comunicação Mercado nacional de mídia deve crescer 4,6% ao ano até 2021 O segmento deve movimentar US$ 13 bi em publicidade no mundo, segundo a PwC Veja mais
FTPI
FTPI São Paulo (11) 2178-8700
FTPI Brasília (61) 3035-3750
FTPI Rio de Janeiro (21) 3852-1588
FTPI Nordeste (81) 2128-4350
FTPI Belo Horizonte (31) 2105-3609
FTPI Curitiba (41) 3026-4100
FTPI Campinas (19) 3296-6224
FTPI Porto Alegre (51) 3231-5222
Compartilhe
web by Citrus7 2017 | © Todos os direitos reservados