21Jun/11

Brasil perde otimismo de agentes internacionais

A visão estrangeira com relação aos assuntos econômicos, financeiros e políticos brasileiros começa a perder entusiasmo. Esta é a constatação de pesquisa divulgada pelo Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada), que compara resultados do segundo semestre de 2010 presentes no levantamento Monitor da Percepção Internacional do Brasil.

Segundo o estudo, as entidades internacionais creem que as condições de crédito ficarão um pouco piores que as atuais, a qualidade da infraestrutura não irá melhorar e a inflação ficará acima da meta de 4,5% para os próximos doze meses, fechando em 5,5%. Por outro lado, os consultados apostam na redução da pobreza e da desigualdade social.

“No segundo semestre do ano passado havia muita euforia. Era um Brasil atípico, com bons índices sociais, economia estabilizada e em crescimento – o que chamou a atenção da imprensa internacional. A queda do otimismo mostra acomodação, e não deterioração”, ressalta Marcio Pochman, presidente do Ipea.

O levantamento colheu opiniões de 170 entidades, entre governos internacionais, câmaras de comércio, empresas com controle estrangeiro e organizações multilaterais (FMI, ONU, OMC) por meio de questionários eletrônicos.

Com informações de Keila Guimarães do Propmark.

Últimas notícias do mercado
Consumidores brasileiros estão mais otimistas para 2017 Pesquisa identificou o percentual de pessoas que pretendem ir as compras no natal e o comportamento de consumo Investimento em publicidade deve crescer 3,3% no Brasil Apesar da crise econômica, investimentos globais podem crescer 4,2% no próximo ano, aponta pesquisa do Warc Autoatendimendo deve crescer em três anos no Brasil Consumidores querem experimentar novas tecnologias na hora da compra, entre elas estão o 3D e a Realidade Virtual Crise está alterando hábitos de consumo, segundo estudo A Kantar Worldpanel revela que brasileiro está mais estressado e opta por simplicidade na hora da compra O Live Marketing está alavancando empresas no Brasil Pesquisa da Ampro e da SSK, revela como o setor movimenta R$ 44 bilhões em meio a crise financeira do país Veja mais
FTPI
FTPI São Paulo (11) 2178-8700
FTPI Brasília (61) 3035-3750
FTPI Rio de Janeiro (21) 3852-1588
FTPI Nordeste (81) 2128-4350
FTPI Belo Horizonte (31) 2105-3609
FTPI Curitiba (41) 3026-4100
FTPI Campinas (19) 3296-6224
FTPI Porto Alegre (51) 3231-5222
Compartilhe
web by Citrus7 2016 | © Todos os direitos reservados