01Fev/12

Brasil é uma das 20 maiores potências esportivas

A Havas Sports & Entertainment (HS&E) acaba de divulgar o estudo “Nations of Sports”, que considera o desempenho esportivo de países (ranking de medalhas) segundo a performance em mundiais e Jogos Olímpicos.

A pesquisa avaliou a atuação de 119 nações que levaram para casa nas últimas competições, ao menos, uma medalha em esportes olímpicos, automobilísticos ou modalidades reconhecidas pelo Comitê Olímpico Internacional (COI). Desde 2005, quando o estudo foi realizado pela primeira vez, esta é a estreia do Brasil no Top 20, aparecendo em 17º lugar com 75 medalhas, sendo 27 de ouro, 19 de prata e 29 de bronze.

O Brasil foi o país que teve o maior progresso entre os integrantes do ranking, escalando nove posições em apenas um ano (em 2010, estava no 26º lugar) e conquistando 12 títulos.  Nas modalidades olímpicas, o país chegou ao 13º lugar, 14 posições acima da marca do ano anterior.

“Um dos motivos deste crescimento é o fato de o Brasil ter sido escolhido para sediar as Olimpíadas de 2016. Os esportes olímpicos ganham maior destaque e investimento e os atletas apresentam motivação extra para um grande desempenho em casa”, diz Eduardo Corch, diretor da HS&E.

O esporte que mais rendeu medalhas ao Brasil nos últimos anos foi a natação, com 14 títulos (oito de ouro, uma de prata e cinco de bronze). O segundo e terceiro lugares estão com patinação/skate e vôlei, ambos com nove medalhas. O futebol figura na sexta posição, com quatro.

Em 2011, o Brasil está na liderança do ranking dos países da América Latina, com 15 medalhas a mais que o segundo colocado, o México, líder no ano anterior. Para Corch, a principal diferença do Brasil em relação aos outros países latinos é sua multidisciplinaridade esportiva. “Ganhamos, pelo menos, uma medalha em 24 esportes diferentes. Isso é muito importante para um país que vai sediar as Olimpíadas, além de estimular os investimentos em outras modalidades fora o futebol, vôlei e natação”, conclui o diretor.

Com informações do Adnews.

Últimas notícias do mercado
Faturamento editorial no Brasil ganha impulso pelo e-commerce Mais de 16 milhões de títulos foram vendidos em 2016, diz pesquisa Programas culinários movimentam R$ 800 milhões em mídia No primeiro semestre de 2017, compra de espaço publicitário foi 17% maior que o mesmo período do ano passado Compra de mídia cresce 2% no primeiro semestre de 2017 Volume total de publicidade foi de R$ 61,9 bi nos seis primeiros meses desse ano, segundo Ibope Ativação do consumo no varejo cresce no Dia dos Pais Incertezas no cenário político não impediram o aumento de 10% nas vendas online TV está presente em 97% das casas dos brasileiros Online aumenta penetração de mercado, mas mídias tradicionais seguem líderes quando se trata de consumo de notícias Veja mais
FTPI
FTPI São Paulo (11) 2178-8700
FTPI Brasília (61) 3035-3750
FTPI Rio de Janeiro (21) 3852-1588
FTPI Nordeste (81) 2128-4350
FTPI Belo Horizonte (31) 2105-3609
FTPI Curitiba (41) 3026-4100
FTPI Campinas (19) 3296-6224
FTPI Porto Alegre (51) 3231-5222
Compartilhe
web by Citrus7 2017 | © Todos os direitos reservados