01Fev/12

Brasil é uma das 20 maiores potências esportivas

A Havas Sports & Entertainment (HS&E) acaba de divulgar o estudo “Nations of Sports”, que considera o desempenho esportivo de países (ranking de medalhas) segundo a performance em mundiais e Jogos Olímpicos.

A pesquisa avaliou a atuação de 119 nações que levaram para casa nas últimas competições, ao menos, uma medalha em esportes olímpicos, automobilísticos ou modalidades reconhecidas pelo Comitê Olímpico Internacional (COI). Desde 2005, quando o estudo foi realizado pela primeira vez, esta é a estreia do Brasil no Top 20, aparecendo em 17º lugar com 75 medalhas, sendo 27 de ouro, 19 de prata e 29 de bronze.

O Brasil foi o país que teve o maior progresso entre os integrantes do ranking, escalando nove posições em apenas um ano (em 2010, estava no 26º lugar) e conquistando 12 títulos.  Nas modalidades olímpicas, o país chegou ao 13º lugar, 14 posições acima da marca do ano anterior.

“Um dos motivos deste crescimento é o fato de o Brasil ter sido escolhido para sediar as Olimpíadas de 2016. Os esportes olímpicos ganham maior destaque e investimento e os atletas apresentam motivação extra para um grande desempenho em casa”, diz Eduardo Corch, diretor da HS&E.

O esporte que mais rendeu medalhas ao Brasil nos últimos anos foi a natação, com 14 títulos (oito de ouro, uma de prata e cinco de bronze). O segundo e terceiro lugares estão com patinação/skate e vôlei, ambos com nove medalhas. O futebol figura na sexta posição, com quatro.

Em 2011, o Brasil está na liderança do ranking dos países da América Latina, com 15 medalhas a mais que o segundo colocado, o México, líder no ano anterior. Para Corch, a principal diferença do Brasil em relação aos outros países latinos é sua multidisciplinaridade esportiva. “Ganhamos, pelo menos, uma medalha em 24 esportes diferentes. Isso é muito importante para um país que vai sediar as Olimpíadas, além de estimular os investimentos em outras modalidades fora o futebol, vôlei e natação”, conclui o diretor.

Com informações do Adnews.

Últimas notícias do mercado
Mercado nacional de mídia deve crescer 4,6% ao ano até 2021 O seguimento deve movimentar US$ 13 bi em publicidade no mundo, segundo a PwC Produção de bens de capital tem alta de 1,5% em abril Segundo IBGE, a fabricação de bens de consumo duráveis também teve um aumento esse ano Varejo apresenta crescimento no 1º trimestre de 2017 Segundo dados do IBGE, os números são superiores aos do último trimestre de 2016 Impacto da televisão continua forte entre os consumidores Pesquisa da Kantar Media descreve o comportamento do consumidor nas plataformas de mídia atuais Expectativa de baixa inflação deixa consumidores otimistas A confiança reflete a melhora das perspectivas em relação ao emprego e situação financeira, diz pesquisa Veja mais
FTPI
FTPI São Paulo (11) 2178-8700
FTPI Brasília (61) 3035-3750
FTPI Rio de Janeiro (21) 3852-1588
FTPI Nordeste (81) 2128-4350
FTPI Belo Horizonte (31) 2105-3609
FTPI Curitiba (41) 3026-4100
FTPI Campinas (19) 3296-6224
FTPI Porto Alegre (51) 3231-5222
Compartilhe
web by Citrus7 2017 | © Todos os direitos reservados