04Out/11

Banda larga popular deve custar R$ 29

O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, anunciou que negocia com o Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz) a desoneração do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) arrecadado pelos estados sobre o Programa Nacional de Banda Larga (PNBL). Caso as unidades estaduais concordarem com a proposta, a internet popular pode cair de R$ 35,00 para R$29,00.

A intenção, de acordo com Bernardo, é mostrar aos integrantes do Confaz quanto o PNBL pode crescer quando a carga tributária for reduzida. “Achamos que seria importante os estados avançarem na desoneração do ICMS pelo menos para a banda larga popular”, destacou.

Para se der idéia da quantia gasta com tributos, em uma conta de serviço de telecomunicação de cerca de R$ 100,00 o valor da carga tributária incidente corresponde a quase um terço. O próximo encontro vai reunir os secretários de Fazenda dos estados e do Distrito Federal e o ministro da Fazenda. “Vamos fazer também uma pequena exposição sobre como anda o setor de telecomunicações e sobre o que poderíamos avançar se tivéssemos condições de melhorar, diminuir a carga tributária”, afirmou Bernardo.

Com informações do Ministério das Comunicações e do Adnews.

Últimas notícias do mercado
Compra de mídia em SP passa de 5.600 anunciantes em 2016 Estudo realizado pela Kantar mostra que a capital paulista recebeu mais de R$ 28 bilhões em campanhas publicitárias A cidade de Alta Floresta fica no norte mato-grossense e está a 800 km de... Em pesquisa, jornal é a mídia com maior credibilidade Levantamento do Ibope da Pesquisa Brasileira de Mídia mostra o meio como preferencial entre os pesquisados Os líderes do mercado publicitário global, segundo estudo Os mercados da China e dos Estados Unidos detém os maiores crescimentos dos últimos dez anos Consumidores brasileiros estão mais otimistas para 2017 Pesquisa identificou o percentual de pessoas que pretendem ir as compras no natal e o comportamento de consumo Veja mais
FTPI
FTPI São Paulo (11) 2178-8700
FTPI Brasília (61) 3035-3750
FTPI Rio de Janeiro (21) 3852-1588
FTPI Nordeste (81) 2128-4350
FTPI Belo Horizonte (31) 2105-3609
FTPI Curitiba (41) 3026-4100
FTPI Campinas (19) 3296-6224
FTPI Porto Alegre (51) 3231-5222
Compartilhe
web by Citrus7 2017 | © Todos os direitos reservados