16Mai/13

Bancas de SP são proibidas de vender itens diversos

Fernando Haddad, prefeito de São Paulo, vetou o projeto de lei que determinava a diversificação de produtos vendidos nas bancas de jornal.

A proposta visava valorizar a banca de jornal como ponto de venda, pela ampliação da gama de produtos comercializados pelos jornaleiros. Pelo texto, as bancas poderiam comercializar todos os tipos de bebidas não alcoólicas, artigos eletrônicos e de beleza e higiene pessoal, além de itens de papelaria e de vestuário.

Haddad alega que a venda destes itens era incompatível com a atividade das bancas de jornal e que dificultaria a fiscalização da prefeitura. Segundo ele, a legislação já permite uma função bem mais abrangente: ser um ponto de acesso à informação e cultura.

O projeto de Lei era uma esperança para os jornaleiros, que têm sofrido com os novos hábitos dos paulistanos, que compra revistas e jornais em supermercados, livrarias e lojas de conveniência. Além disso, a fiscalização da Prefeitura cassou Termos de Permissão de Uso dos espaços de forma intensiva.

Em agosto de 2012, o Meio & Mensagem, em reportagem baseada em estudos do Sindicato dos Vendedores de Jornais e Revistas de São Paulo (Sindjor), indicou que, a cada dia útil, uma banca era fechada – ou ameaçada de fechamento – na cidade de São Paulo.

Com informações do M&MOnline. / Adaptação: Equipe FTPI | Negócios em Mídia | Mídia Regional.

Últimas notícias do mercado
Mercado nacional de mídia deve crescer 4,6% ao ano até 2021 O seguimento deve movimentar US$ 13 bi em publicidade no mundo, segundo a PwC Produção de bens de capital tem alta de 1,5% em abril Segundo IBGE, a fabricação de bens de consumo duráveis também teve um aumento esse ano Varejo apresenta crescimento no 1º trimestre de 2017 Segundo dados do IBGE, os números são superiores aos do último trimestre de 2016 Impacto da televisão continua forte entre os consumidores Pesquisa da Kantar Media descreve o comportamento do consumidor nas plataformas de mídia atuais Expectativa de baixa inflação deixa consumidores otimistas A confiança reflete a melhora das perspectivas em relação ao emprego e situação financeira, diz pesquisa Veja mais
FTPI
FTPI São Paulo (11) 2178-8700
FTPI Brasília (61) 3035-3750
FTPI Rio de Janeiro (21) 3852-1588
FTPI Nordeste (81) 2128-4350
FTPI Belo Horizonte (31) 2105-3609
FTPI Curitiba (41) 3026-4100
FTPI Campinas (19) 3296-6224
FTPI Porto Alegre (51) 3231-5222
Compartilhe
web by Citrus7 2017 | © Todos os direitos reservados