27Mar/12

60% dos profissionais usam redes sociais

A popularidade das redes sociais no Brasil vem modificando o comportamento dos funcionários. Segundo uma pesquisa da Adecco, empresa de gestão de recursos humanos, 58% dos profissionais usam as redes sociais para se comunicar profissionalmente.
O número mostra que portais como Facebook, Twitter e Orkut deixaram de ser somente uma opção de lazer na web. O LinkedIn, apesar de também ter entrado no estudo, sempre esteve focado no público corporativo.

Para a coordenadora da companhia no Brasil, Fabiane Cardoso, os usuários devem ficar atentos, pois seus perfis nas redes podem ser vistos como “espelhos de suas personalidades”. “Em um processo seletivo, certos posts podem ser determinantes para conquistar um novo emprego”, disse.

Os setores de segurança, finanças e indústria são os que mais consultam a vida online dos empregados.

Ainda conforme o estudo, um terço dos funcionários não acessa as redes sociais do escritório e só 27% das empresas não fazem qualquer tipo de restrição quanto à sua utilização.

Somente 2% dos 500 entrevistados já foram advertidos pela companhia em que trabalham por aquilo que compartilham. Isso é explicado por dois índices: 73% dizem não falar sobre trabalho nas redes sociais, enquanto 10% afirmaram comentar diariamente sobre o assunto.

Últimas notícias do mercado
Mercado nacional de mídia deve crescer 4,6% ao ano até 2021 O seguimento deve movimentar US$ 13 bi em publicidade no mundo, segundo a PwC Produção de bens de capital tem alta de 1,5% em abril Segundo IBGE, a fabricação de bens de consumo duráveis também teve um aumento esse ano Varejo apresenta crescimento no 1º trimestre de 2017 Segundo dados do IBGE, os números são superiores aos do último trimestre de 2016 Impacto da televisão continua forte entre os consumidores Pesquisa da Kantar Media descreve o comportamento do consumidor nas plataformas de mídia atuais Expectativa de baixa inflação deixa consumidores otimistas A confiança reflete a melhora das perspectivas em relação ao emprego e situação financeira, diz pesquisa Veja mais
FTPI
FTPI São Paulo (11) 2178-8700
FTPI Brasília (61) 3035-3750
FTPI Rio de Janeiro (21) 3852-1588
FTPI Nordeste (81) 2128-4350
FTPI Belo Horizonte (31) 2105-3609
FTPI Curitiba (41) 3026-4100
FTPI Campinas (19) 3296-6224
FTPI Porto Alegre (51) 3231-5222
Compartilhe
web by Citrus7 2017 | © Todos os direitos reservados