27Mar/12

60% dos profissionais usam redes sociais

A popularidade das redes sociais no Brasil vem modificando o comportamento dos funcionários. Segundo uma pesquisa da Adecco, empresa de gestão de recursos humanos, 58% dos profissionais usam as redes sociais para se comunicar profissionalmente.
O número mostra que portais como Facebook, Twitter e Orkut deixaram de ser somente uma opção de lazer na web. O LinkedIn, apesar de também ter entrado no estudo, sempre esteve focado no público corporativo.

Para a coordenadora da companhia no Brasil, Fabiane Cardoso, os usuários devem ficar atentos, pois seus perfis nas redes podem ser vistos como “espelhos de suas personalidades”. “Em um processo seletivo, certos posts podem ser determinantes para conquistar um novo emprego”, disse.

Os setores de segurança, finanças e indústria são os que mais consultam a vida online dos empregados.

Ainda conforme o estudo, um terço dos funcionários não acessa as redes sociais do escritório e só 27% das empresas não fazem qualquer tipo de restrição quanto à sua utilização.

Somente 2% dos 500 entrevistados já foram advertidos pela companhia em que trabalham por aquilo que compartilham. Isso é explicado por dois índices: 73% dizem não falar sobre trabalho nas redes sociais, enquanto 10% afirmaram comentar diariamente sobre o assunto.

Últimas notícias do mercado
Consumidores brasileiros estão mais otimistas para 2017 Pesquisa identificou o percentual de pessoas que pretendem ir as compras no natal e o comportamento de consumo Investimento em publicidade deve crescer 3,3% no Brasil Apesar da crise econômica, investimentos globais podem crescer 4,2% no próximo ano, aponta pesquisa do Warc Autoatendimendo deve crescer em três anos no Brasil Consumidores querem experimentar novas tecnologias na hora da compra, entre elas estão o 3D e a Realidade Virtual Crise está alterando hábitos de consumo, segundo estudo A Kantar Worldpanel revela que brasileiro está mais estressado e opta por simplicidade na hora da compra O Live Marketing está alavancando empresas no Brasil Pesquisa da Ampro e da SSK, revela como o setor movimenta R$ 44 bilhões em meio a crise financeira do país Veja mais
FTPI
FTPI São Paulo (11) 2178-8700
FTPI Brasília (61) 3035-3750
FTPI Rio de Janeiro (21) 3852-1588
FTPI Nordeste (81) 2128-4350
FTPI Belo Horizonte (31) 2105-3609
FTPI Curitiba (41) 3026-4100
FTPI Campinas (19) 3296-6224
FTPI Porto Alegre (51) 3231-5222
Compartilhe
web by Citrus7 2016 | © Todos os direitos reservados