18Fev/11

100 mil tablets vendidos no Brasil em 2010

Segundo levantamento da IDC sobre o segmento de tablets, somente em 2010, foram comercializados 100 mil unidades do dispositivo no Brasil. “O usuário se identificou bem com o aparelho”, diz Luciano Crippa, coordenador de pesquisas da IDC.

O número contabiliza as vendas oficiais e o mercado cinza – formado por consumidores que trouxeram o equipamento do exterior ou o importaram ilegalmente. De acordo com Crippa, o preço de chegada dos tablets ao Brasil foi decisivo para o sucesso do segmento. “Esperávamos uma estratégia de precificação um pouco mais alta, em torno dos dois mil reais, mas o valor estipulado nos cerca de R$ 1.600,00 facilitou a adesão do público.”

Quanto o assunto é o perfil dos consumidores, a IDC revela que os aficionados por tecnologia foram os principais responsáveis pelo resultado. Segundo o estudo, o número de vendas poderia ter sido maior, no entanto, algumas barreiras dificultaram, entre elas estão a falta de familiaridade dos consumidores com o dispositivo e uma parcela de interessados que está analisando os novos modelos a serem lançados.

As iniciativas no meio corporativo, como a área educacional, também influenciaram as vendas no ano passado. “Os tablets estão sendo usados como ferramenta em escolas e faculdades”, disse o coordenador.

A expectativa é de que em 2011 as vendas cheguem à casa dos 300 mil tablets. A maior movimentação acontecerá, principalmente, no segundo semestre deste ano. “É o período em que devem chegar ao Brasil os produtos que estão sendo lançados agora no exterior”, comenta Crippa.

A previsão é de que os tablets concorram não apenas em sua categoria, mas também com os netbooks, PC’s e Smartphones. Mesmo assim, a princípio, a IDC não prevê queda nas vendas destes segmentos. Segundo a IDC, os planos do governo visando a redução de impostos e precificação acessível dos tablets no Brasil não devem impactar a estimativa para este ano, mas somente em 2012.

Com informações do Adnews.

Últimas notícias do mercado
Consumidores brasileiros estão mais otimistas para 2017 Pesquisa identificou o percentual de pessoas que pretendem ir as compras no natal e o comportamento de consumo Investimento em publicidade deve crescer 3,3% no Brasil Apesar da crise econômica, investimentos globais podem crescer 4,2% no próximo ano, aponta pesquisa do Warc Autoatendimendo deve crescer em três anos no Brasil Consumidores querem experimentar novas tecnologias na hora da compra, entre elas estão o 3D e a Realidade Virtual Crise está alterando hábitos de consumo, segundo estudo A Kantar Worldpanel revela que brasileiro está mais estressado e opta por simplicidade na hora da compra O Live Marketing está alavancando empresas no Brasil Pesquisa da Ampro e da SSK, revela como o setor movimenta R$ 44 bilhões em meio a crise financeira do país Veja mais
FTPI
FTPI São Paulo (11) 2178-8700
FTPI Brasília (61) 3035-3750
FTPI Rio de Janeiro (21) 3852-1588
FTPI Nordeste (81) 2128-4350
FTPI Belo Horizonte (31) 2105-3609
FTPI Curitiba (41) 3026-4100
FTPI Campinas (19) 3296-6224
FTPI Porto Alegre (51) 3231-5222
Compartilhe
web by Citrus7 2016 | © Todos os direitos reservados